Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +

22 de Janeiro, Dia do Agrupamento nas Escolas Carlos Amarante

Ricardo Rio: 7 anos de Governação/7 Pecados Capitais (Parte II)

22 de Janeiro, Dia do Agrupamento nas Escolas Carlos Amarante

Voz às Escolas

2019-01-21 às 06h00

Hortense Lopes dos Santos Hortense Lopes dos Santos

Amanhã, 22 de Janeiro, comemoramos o dia do nosso patrono, Carlos Amarante.
A Escola Carlos Amarante iniciou a comemoração do dia do patrono no ano letivo 1996/97. Com a criação do Agrupamento, em Abril de 2013, mantivemos esta data como Dia do Agrupamento, envolvendo as nossas escolas nas diversas atividades comemorativas.
Trata-se de um dia aberto à comunidade, em que mostramos as nossas atividades e projetos, homenageando a nossa comunidade escolar.
O programa é vastíssimo, com atividades diversas na ESCA, na Escola Básica de Gualtar, nas Escolas EB 1 e nos Jardins de Infância.

Apresentamos aqui apenas alguns exemplos:
Na ESCA, no piso da entrada, temos várias exposições dinamizadas por alunos, professores, encarregados de educação e antigos alunos. Há apresentação de trabalhos, nomeadamente das áreas de artes, línguas, fotografia, Direitos Humanos, Educação para a Saúde, Educação para a Cidadania Global. Na sala Museu Carlos Amarante pode ser apreciada a exposição “Indústrias tradicionais de Braga - S. Victor”. Noutros pisos e espaços, podem ser visitados laboratórios, salas temáticas e oficinas onde os nossos alunos e os visitantes podem, não só apreciar exposições, mas também participar em diversas atividades experimentais e jogos didáticos. Destaca-se a aula de filosofia para crianças e jovens com a participação dos alunos do 4ºano das escolas do nosso Agrupamento. Não podemos esquecer a aprendizagem de cultura e escrita chinesa, a projeção de cinema, etc. Na estufa, teremos atividades para crianças do JI de Gualtar, no âmbito da Educação para a Sustentabilidade. Temos, também, atividades desportivas, concursos, jogos interativos e outros momentos de animação cultural.

À tarde, os alunos do ensino secundário assistem à palestra proferida pelo Doutor José Cândido de Oliveira Martins, da Universidade Católica, sobre a obra de José Saramago “O ano da morte de Ricardo Reis”.
Em Gualtar, na Escola Básica, haverá diversos concursos, nomeadamente de talentos, exposições, cinema, atividades desportivas e lúdicas e a apresentação de “Um projeto … e meio limão” pelo autor Narciso Moreira.
Nas escolas EB 1 e Jardins de Infância, crianças, alunos e professores visualizam filmes e apresentam trabalhos sobre o ambiente, entre outros, além de visitarem a ESCA e a EB Gualtar.

Na sessão de encerramento, pelas 17h30, no auditório da escola sede faremos a apresentação da publicação “133 anos a desenhar o futuro”. Esta publicação reúne contributos variados e evocativos dos 60 anos do edifício da Escola Secundária Carlos Amarante, comemorados em 2018. Também homenagearemos os professores e funcionários que se aposentaram em 2018.
Entendemos que uma escola, espaço de liberdade e saber, muito precisa destes momentos e rituais de comemoração que ajudam a construir uma identidade, cimentam os sentimentos de pertença, mostrando alem disso a todos, dentro e fora da comunidade escolar, o que de melhor são capazes de fazer.
A todos os que nos ajudam nesta comemoração e os que nos honram com a sua presença o nosso obrigado.

Deixa o teu comentário

Últimas Voz às Escolas

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho