Correio do Minho

Braga, quinta-feira

25 de Abril Sempre!

Saúde escolar: parceiro imprescindível das escolas de hoje

Ideias

2017-04-25 às 06h00

Paulo Monteiro

Hoje é um dos dias mais importantes da história de Portugal. Hoje comemoram-se 43 anos da ‘Revolução dos Cravos’. Hoje comemora-se o dia em que foi restituída a liberdade, a democracia. Passaram-se 43 anos e para muitos esta data quase passa despercebida, principalmente para as novas gerações que nunca sentiram na pele a ditadura, o Estado Novo, a falta de liberdade e a falta de democracia. Mas em cada canto respiram democracia, respiram liberdade, respiram tantas coisas boas que se conquistaram, porque um dia houve um 25 de Abril, houve uma revolução em Portugal que acabou com a ditadura. Mas os mais jovens não a sentiram. Os mais jovens não a sentem mas... deviam senti-la. A história de Portugal deve ser contada e estudada recordando toda a importância que teve este dia. Uma história que deve ser recordada todos os dias e a todas as horas.

E todos devemos recordar esse 25 de Abril de 1974 porque nos abriu outras portas, porque nos trouxe qualidade de vida, porque nos trouxe outros horizontes e nos deu o ‘passaporte’ para uma Europa que nos ajuda há muitos e muitos anos. É que sem ela o nosso atraso, o nosso rótulo de país de terceiro mundo, ainda se mantinha.
E o 25 de Abril deu-nos essa alegria de podermos escrever sem censuras, sem lápis azul. Esse 25 de Abril que nos dá o direito à opinião e que nos trouxe a paz. Sim... a paz. Há 43 anos andávamos em guerra. O serviço militar era obrigatório e muitos foram para o então Ultramar lutar. E muitos ficaram lá. Muitos eram - como o foram outros na I Guerra Mundial -, “carne para canhão”. O regime já estava podre. Os militares revoltaram-se. A democracia instalou-se. A nossa vida mudou e muito. Por isso... viva o 25 de Abril. Viva Portugal!

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.