Correio do Minho

Braga, terça-feira

A Catalunha e a riqueza

O que nos distingue

Ideias

2017-10-31 às 06h00

Paulo Monteiro

Se a Catalunha fosse uma região pobre pedia a indepedência? Certamente que não. Como certamente já se apercebeu que sendo uma república independente, separando-se de Espanha, de nada vale.
As grandes empresas, os grandes bancos, a grande economia já saiu ou está em vias de sair da Catalunha (para não regressar). O Porto de Barcelona serve toda uma Espanha e não uma região. Mudar o local de abastecimento por mar é coisa simples de fazer e há outros portos que podem ganhar com isso.

Recentemente, ao falar com colegas galegos sobre a crise na Catalunha, confidenciavam que a região pode ser a mais rica, mas esquecem-se que é a região que mais custa ao Estado espanhol. O custo dos funcionários públicos naquela região é brutal e no deve e haver os catalães acabam por ficar a ganhar. O problema é muito complicado... E é lógico que nenhuma outra região de Espanha quer a Catalunha fora...

Para além disso, a União Europeia não aceita a Catalunha independente e nenhuma empresa quer trabalhar fora da União. E há mais. Tantas coisas mais. E todos sabemos, e os catalães sabem, que só unidos é que conseguem ser das regiões mais ricas de Espanha e que sem a Espanha não são nada, não conseguem.

Mas o mais importante: o povo da Catalunha quer a independência? Certamente que não. Qualquer bom telespectador vê, na hora da verdade, a diferença entre aqueles que são a favor da indepedência e aqueles que são a favor de uma Espanha unida. E mesmo com manipulação de imagens bem se vê que todos querem Espanha a uma só voz... E o Governo espanhol fez o que tinha a fazer. Puigdemont e o seu governo foram destituídos e... ‘fugiram’ para a Bélgica depois de terem sido acusados de “rebelião, sedição e peculato”! O que se seguirá?

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

19 Dezembro 2018

Parabéns ao IPCA

18 Dezembro 2018

O seu a seu dono!

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.