Correio do Minho

Braga,

- +

A mentira – como detetá-la em segundos

Onde está o meu peixe

A mentira – como detetá-la em segundos

Voz à Saúde

2021-03-23 às 06h00

Ricardo Pinto Ricardo Pinto

Tem conhecimento que mais de 80% das mentiras passam despercebidas? No entanto, ao refletir sobre a infância e adolescência, não deve surpreender que a mentira é um comportamento comum. Quando questionadas sobre comer um doce antes do jantar, a maioria das crianças tem a garantia de uma repreensão, se admitir a transgressão, enquanto mentir fornece uma probabilidade muito menor de punição, isto é, se não forem apanhadas.
Este processo de oportunidade-custo pelo qual as crianças passam para evitar problemas, estabelece a base para um padrão de mentira no futuro. Embora a mentira possa passar despercebida, a maioria é fácil de detetar, se se souber ler os sinais. Aqui ficam algumas técnicas para determinar se uma pessoa está, ou não, a ser verdadei- ra.
Comece por questões neutras: Ao fazer perguntas básicas e não ameaçadoras a alguém, somos capazes de observar uma linha base de resposta. Questões sobre o tempo, planos para o fim-de-semana, ou qualquer outra coisa que produza uma resposta normal e confortável. Quando respondem, deve-se observar a linguagem corporal e o movimento dos olhos, uma vez que o objetivo é aprender como a pessoa age quando diz a verdade – Muda de posição? Olha maioritariamente numa direção, ou olha diretamente nos olhos? Toca em alguma parte especifica no corpo? Como é a respiração? – O propósito é fazer questões neutras suficientes, de modo a observar um padrão na pessoa.
Encontrar o hotspot: Depois de se passar do território neutro para a “zona da mentira”, deve-se ser capaz de observar uma mudança na linguagem corporal, expressões faciais, movimentos dos olhos e estrutura das frases. Todas as pessoas fornecem pistas subconscientes ao mentir, razão pela qual é importante observar uma linha base de resposta antes de entrar na zona de mentira.
Observe a linguagem corporal: As pessoas, ao mentir, costumam encolher ligeiramente o corpo para dentro, de modo a sentirem-se menos percetíveis, também podem esconder as mãos para encobrir inconscientemente os dedos inquietos ou até encolher repetidamente os ombros.
Observe as micro-expressões faciais: As pessoas costumam demonstrar a mentira na expressão facial, mas algumas destas expressões são subtis e difíceis de detetar. Algumas pessoas mudam a coloração facial para um tom mais rosado, outras dilatam ligeiramente as narinas, mordem os lábios, transpiram ligeiramente ou piscam rapidamente os olhos. Cada mudança na expressão facial significa um aumento na atividade cerebral, que é quando a mentira inicia.
Atenção ao tom, ritmo e estrutura das frases: Frequentemente, quando alguém mente, muda ligeiramente o tom e o ritmo do discurso. Podem começar a falar mais rápido ou lentamente, com um tom mais alto ou mais baixo e as frases que utilizam tornam-se mais complexas à medida que o cérebro trabalha intensamente para acompanhar a história que estão a fabricar.
Observe quando param de falar sobre si próprios: Por vezes, durante a mentira, as pessoas também começam a afastar-se da sua própria história e a direcionar o foco para outros, com intuito de se distanciar psicologicamente da própria mentira.
Todas as pessoas possuem um “comportamento de mentira” diferente e é mais importante ser capaz de comparar o comportamento básico de um mentiroso com o movimento corporal, expressões faciais, movimentos dos olhos e dicas verbais que usa quando está a mentir.
Lembre-se, cuide de Si! Cuide da Sua saúde!

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho