Correio do Minho

Braga,

- +

A nova era pós-covid19

Preso por ter cão... o Estanislau:

A nova era pós-covid19

Escreve quem sabe

2020-04-10 às 06h00

Carlos Alberto Cardoso Carlos Alberto Cardoso

A era pós covid-19 será bem diferente do mundo em que vivemos. Teremos uma economia modelada por novos hábitos e regras, que assentarão na diminuição do contacto social, na redução da interação entre pessoas, de grandes restrições nas viagens e de um controle apertado na higiene. Estamos a viver uma disrupção que vai mudar a forma como comemos, como trabalhamos, como compramos, como exercitamos, como cuidamos da nossa saúde, como nos socializamos e como gerimos o nosso tempo. O mundo nunca mais será o mesmo!
Ao nível da governança, também estamos perante um novo paradigma. Se alguns defendem que vivemos uma crise de liderança, a verdade é que isso já pouco importa; a governança tradicional é coisa do passado, os novos tempos precisam de reinventar o seu modelo de governo e de fecundar os novos líderes, os filhos do covid-19.

As prioridades mudaram, a ciência e a investigação ganharam novo impulso; a tecnologia, a saúde, a distribuição, a mobilidade, o espaço público, o emprego e a vida ganharam outro valor.
Nas leis e nas políticas, vamos privilegiar as boas práticas, vamos replicá-las de região para região. Precisamos de garantir políticas globais, para que o mundo funcione. Por exemplo, se quisermos viajar, as políticas de saúde e higiene do país de origem serão decisoras na autorização da viagem. As migrações não serão mais as mesmas, a mobilidade terá de se adaptar.

Ao nível empresarial, adquirimos novos hábitos: o trabalho à distância ou teletrabalho, as empresas vão perceber que não precisam de grandes escritórios, nem de pagar deslocações. Vão precisar de definir novos públicos e novos produtos. As vendas on-line, os parceiros, os clientes e os fornecedores estão em transformação, é preciso estratégia, qualificação, investigação e investimento.
A nossa vida mudou para sempre. O acesso ao e-commerce, as consultas de saúde online ou por telefone, o equilíbrio entre trabalho e vida, a gestão do tempo, a família, a higiene e os cuidados pessoais, são outros dos benefícios desta nova era que desafiam, sem dúvida, os estilos de vida tradicionais e de negócio.

Não será possível voltar à normalidade, porque ela será diferente da que conhecemos. O mundo será diferente após o covid-19. Os seus efeitos serão longos e alguns permanentes, como o facto de 1/3 da população global ficar, de alguma forma, bloqueada na sua mobilidade. As taxas de desemprego em massa serão seguidas por falências em massa. As fronteiras serão fechadas e serão aprovadas novas leis impulsionadas pela xenofobia e populismo já existentes. A tecnologia substituirá o homem em muitas funções, porque o homem terá medo; porque depois do covid-19 virá outro vírus qualquer, e a boa noticia é que estaremos mais preparados, ou pelo menos, mais habituados.

Os desafios são imensos, como a certificação da imunidade dos espaços, como adaptar os concertos, os teatros, as discotecas, os cruzeiros e os festivais. Imagino restaurantes com cabines individuais, servidos por robôs; ou a autorização de entrada das pessoas nos espaços através da sua certificação do grau de imunidade, e o desenvolvimento de produtos para as diferentes categorias de imunização.
O mundo que se avizinha é um universo de oportunidades. Temos que nos preparar para esta nova forma de vida. Temos que refletir sobre o que muda na nossa vida, qual o impacto, e como nos podemos adaptar, reinventar, até de prever o futuro. Temos que desenvolver uma estratégia para enfrentar esta nova era, mas sobretudo para continuarmos a ser felizes!

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

28 Junho 2020

Verbos traiçoeiros

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho