Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +

Aprender a dobrar, sem partir - 7 características de pessoas resilientes

Não somos um Rio

Aprender a dobrar, sem partir - 7 características de pessoas resilientes

Escreve quem sabe

2021-09-21 às 06h00

Ricardo Pinto Ricardo Pinto

Resiliência é um termo originário do campo da física e define-se pela propriedade que determinados corpos físicos possuem em retomar a forma original, após serem submetidos a alguma deformação. Em psicologia, o termo resiliência refere-se ao processo de boa adaptação face às adversidades, como traumas, tragédias, ameaças ou fontes elevadas de stress, como problemas familiares/relacionais, de saúde ou profissionais e financeiros.
Em momentos mais desafiantes, pessoas resilientes denotam coragem e força para superar as circunstâncias que enfrentam, destacando determinadas características e mentalidades específicas comuns, que servem de aprendizagem eficaz sobre como dobrar, mas não partir face à adversidade:
1. Pessoas resilientes aceitam a sua norma: a norma é a situação atual. A pressão arterial normal dos atletas é diferente da maioria das pessoas e pode ser alarmante para alguém que não se exercita regularmente. O conceito de “norma” também se aplica às nossas vidas, uma vez que o nosso normal pode ser diferente do de outra pessoa. Pessoas resilientes não questionam “porquê eu?”, mas aceitam essa norma e esforçam-se para mudá-la, se forem incomodadas por ela.
2. Pessoas resilientes são flexíveis: ter a capacidade de alterar planos é crucial para ser resiliente. Pessoas que passaram por adversidades sabem que muitas vezes a vida não sai como planeado e a frustração em recusar a mudança é uma fonte desnecessária de esgotamento e desgaste.
3. Pessoas resilientes estão dispostas a aprender: quando os desafios e as mudanças nos atingem, precisamos de novas habilidades e conhecimentos para enfrentar e superar as adversidades. Pessoas resilientes estão abertas a aprender com o assunto que enfrentam e sabem que quanto mais equipadas com informações e factos estiverem, melhor podem tomar decisões e combater o que enfrentam.
4. Pessoas resilientes procuram soluções: quando a vida muda, podemos sentar e reclamar ou imediatamente procurar soluções. Pessoas resilientes são rápidas a agir e procurar maneiras de resolver ou pelo menos melhorar a situação. Não gastam energia a reclamar sobre quão difícil ou injusta é a situação, mas optam por usar esse tempo para encontrar soluções.
5. Pessoas resilientes são engenhosas: circunstâncias incomuns exigem medidas incomuns. Aqueles que são enge- nhosos contentam-se com o que está disponível e usam os seus recursos acessíveis do melhor modo possível. Muitos podem funcionar e atuar em situações ideais, mas ser capaz de trabalhar com o que está à disposição é a diferença entre pensamento positivo e ser realista e resiliente.
6. Pessoas resilientes são criativas: quando enfrentamos provações e turbulências, muitas vezes necessitamos de pensar fora da caixa para encontrar novas maneiras de superar. Pessoas resilientes sabem que precisam de explorar o seu pensamento criativo para se ajustar e adaptar.
7. Pessoas resilientes definem expectativas realistas: embora não ultrapassem a linha do pessimismo, as pessoas resilientes sabem que, ao terem expectativas irreais, preparam-se para uma grande deceção, que poderá levar à frustração. Ter expectativas realistas é um ensaio mental que nos deixa mais preparados para o que está por vir.
Embora a pandemia tenha trazido uma sensação única de incerteza, todos necessitamos de ferramentas resilientes para resistir às tempestades da vida. Observar como as pessoas resilientes lidam com adversidades e retirar uma página desse livro, é um método eficaz de aprendizagem para construir a força necessária para enfrentar as tempestades. Lembre-se, cuide de Si! Cuide da Sua saúde!

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

19 Outubro 2021

A cor é Rosa!

17 Outubro 2021

Os acossados

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho