Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +

Artes da Escola no Mosteiro de Tibães

Aprender, ler, escrever

Artes da Escola no Mosteiro de Tibães

Voz às Escolas

2024-04-15 às 06h00

Hortense Lopes dos Santos Hortense Lopes dos Santos

O Agrupamento Carlos Amarante tem uma grande tradição na promoção das artes visuais, continuando a ser uma referência, quer seja no desenho, design, escultura, pintura, multimédia ou foto- grafia.
No respeito por esta tradição de ensino artístico, tem havido da parte do Agrupamento a preocupação de ampliar a oferta de cursos nesta área, dando assim uma resposta mais diversificada e atualizada quer no prosseguimento de estudos, quer na preparação para o mundo do trabalho. É público que mantemos a oferta de cursos profissionais na área das artes visuais.

Durante o ano, os nossos alunos e professores apresentam, orgulhosos, muitos trabalhos, em exposições nos diferentes espaços das escolas (entrada, sala dos alunos, bibliotecas e outros espaços).
Além disso, também participamos em concursos, apresentamos os trabalhos em exposições de diferentes contextos, na cidade de Braga e fora, como por exemplo, na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva ou no Mosteiro de Tibães.
Estas mostras dos trabalhos provam o excelente dinamismo implementado no ensino das artes no nosso Agrupamento.
Este ano, participamos, como tem sido habitual, na exposição “Artes na Escola” no Mosteiro de São Martinho de Tibães. Esta mostra de trabalhos, inaugurada no passado sábado, sob o tema “Os jovens e o património – unidos pela Arte”, estará aberta ao público até 28 de abril.

Trata-se da 10ª edição da mostra, que como se lê no cartaz de apresentação - “A exposição surge depois de um desafio lançado às instituições de ensino locais. O objetivo do Mosteiro de São Martinho de Tibães é promover e dar visibilidade aos bons trabalhos que se realizam em contexto escolar por professores e alunos. Esta exposição no domínio das artes, resultante da colaboração entre o monumento e a comunidade educativa visa, igualmente, dinamizar o espaço museológico e aproximar os jovens e suas famílias do património.”
A abertura da exposição pelo coordenador do Mosteiro, Dr. Paulo Oliveira, foi acompanhada pelos professores e alunos dos Agrupamentos de Escolas do Concelho, muito entusiasmados e orgulhosos na apresentação dos seus trabalhos. Não posso deixar de referir as famílias presentes e igualmente entusiasmadas na apreciação dos trabalhos dos seus educandos e de todos os outros.

Esta exposição tem trabalhos muito diferentes, muito bons, é uma oportunidade para sairmos das escolas e partilharmos o que fazemos diariamente nas aulas. No nosso caso, temos trabalhos dos alunos do 3º ciclo e do ensino secundário, desde o desenho a multimédia, com diferentes técnicas, materiais e cores.
Visitem! Vão gostar!
Agradeço aos professores e alunos que apresentaram os seus trabalhos. Parabéns!
Um agradecimento especial ao Dr. Paulo Oliveira, coordenador do Mosteiro, que proporciona estes momentos de partilha das artes visuais e dá a conhecer o património, abrindo o Mosteiro de Tibães à comunidade. Bem haja!

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho