Correio do Minho

Braga, sábado

- +

As Bibliotecas e os autores portugueses

Um novo pacote de medidas de apoio às empresas

As Bibliotecas e os autores portugueses

Ideias

2020-03-05 às 06h00

Rui A. Faria Viana Rui A. Faria Viana

As bibliotecas recorrem frequentemente a informação na área da biobibliografia para conhecerem de perto os autores e a sua obra, aspectos importantes no tratamento técnico das suas colecções. Para os autores portugueses, não abundam obras especializadas, embora, hoje em dia, seja mais fácil dispormos de informação até pelo facto de as próprias editoras a divulgarem ao promoverem as suas edições.
Apesar das omissões e erros, do pouco que foi produzido ao longo dos tempos, refira-se como obra de referência básica para os autores que sobressaíram até à primeira metade do séc. XVIII a “Biblioteca Lusitana” (1741-1759), de Diogo Barbosa Machado, composta por 4 tomos. Trata-se de um dicionário biobibliográfico «de autores portugueses, e das obras, que compuseram desde o tempo da promulgação da lei da Graça até ao tempo presente» de interesse ainda hoje indiscutível. Depois, podemos recorrer ao importante “Dicionário Bibliográfico Português” de Inocêncio Francisco da Silva que, segundo Alberto Pimentel «edificou a mais notável obra que, depois da Biblioteca Lusitana do abade Barbosa, saiu dos prelos portugueses». Autor dos primeiros nove volumes (1858-1870), este Dicionário foi continuado por Brito Aranha até ao 12º volume tendo terminando a sua publicação em 1923, continuando hoje em dia como uma obra indispensável para qualquer estudioso da literatura. Outras obras de cariz enciclopédico surgiram, no entanto, constata-se que tiveram como fonte principal as anteriores. Mais recentemente, organizado pelo Instituto Português do Livro e da Leitura (depois designado Instituto da Biblioteca Nacional e do Livro e, posteriormente, Instituto Português do Livro e das Bibliotecas) e editado pelas Publicações Europa-América entre 1985 e 2001, surgiu o "Dicionário Cronológico de Autores Portugueses" em 6 volumes. Tendo Eugénio Lisboa como coordenador dos primeiros 3 volumes (1985-1994) e Ilídio Rocha dos restantes 3 (1997-2001), com quem tive o prazer de colaborar redigindo diversas entradas para o 4º, 5º e 6º volumes, esta obra reúne informação biobibliográfica importante «abrangendo autores num espectro suficientemente largo de géneros literários e paraliterários». Incluem-se nele «escritores que, mesmo não sendo nomes de primeira grandeza, ou mesmo de segunda, são contudo representativos de uma tendência ou de um género que importa assinalar (memorialismo, romance ou novela gótica, teatro naturalista, etc.), por fazerem parte do nosso património literário, ainda quando se trate de géneros ou tendências que se não tenham, entre nós, notabilizado particularmente» (Eugénio Lisboa, vol. I, 1985).
O “Dicionário Cronológico de Autores Portugueses” constitui uma das mais importantes fontes de informação biobibliográfica de autores portugueses disponíveis no âmbito da literatura e das chamadas ciências humanas desde os primórdios da língua até aos nossos dias e representa «uma das raras ferramentas construídas – e conseguidas – com a intenção de divulgar e defender a cultura portuguesa em geral e a veiculada pelo livro em particular» (Ilídio Rocha, vol. IV, 1998).
Actualmente este Dicionário está disponível online na página da Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), constituindo a maior base de dados biobibliográficos de autores portugueses, tendo sido alargada também a ilustradores e inserido um conjunto de autores de livros para a infância e juventude elaborado para a DGLAB pela Associação Portuguesa para a Promoção do Livro Infantil e Juvenil, reunindo mais de 5000 entradas. Esta base de dados de autores portugueses pode ser consultada em http://livro.dglab.gov.pt/sites/DGLB/Portugues/autores/Paginas/Autores.aspx e constitui uma ferramenta de trabalho importante para todas as bibliotecas, sendo igualmente um instrumento de defesa e divulgação da cultura portuguesa.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho