Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Atenção às pilhas-botão

A Europa paga aos agricultores para não produzirem?

Escreve quem sabe

2014-06-21 às 06h00

Fernando Viana

De 16 a 29 de junho assinala-se a Semana Internacional da Segurança dos Produtos. A proliferação das chamadas pilhas-botão começa a gerar um importante problema ambiental, mas também ao nível da segurança e em particular junto das crianças.

As pilhas-botão são pilhas do tamanho de moedas e que são utilizadas em dispositivos de controlo remoto, tais como comandos do carro, de portões automáticos e da televisão, calculadoras, computadores, aparelhos auditivos, relógios, brinquedos ou balanças. Embora estes equipamentos tenham compartimentos próprios para colocar as pilhas-botão, alguns são facilmente abertos e como a tendência das crianças é levar os objectos à boca, provocar a ingestão de uma destas pilhas.

A ingestão de uma pilha-botão que fique alojada na garganta pode causar queimaduras graves (em menos de 2 horas) e levar mesmo à morte da criança. Mesmo após a sua remoção, a queimadura pode agravar-se. O diagnóstico pode ser difícil, na medida em que os sintomas podem ser semelhantes aos de outras doenças (tais como tosse, baba e desconforto). Só em Portugal, nos últimos 3 anos ocorreram cerca de 100 acidentes com pilhas-botão envolvendo crianças.

Desta forma existem alguns cuidados básicos que podem ser tomados como por exemplo:
• Manter os equipamentos com pilhas-botão fora do alcance das crianças, em especial quando o compartimento das pilhas-botão possa ser facilmente aberto;
• Depositar as pilhas-botão na reciclagem (pilhão), uma vez que mesmo sem carga podem ser perigosos para as pessoas e também para o meio ambiente;
• Caso suspeite que uma criança engoliu uma pilha-botão, dirija-se de imediato às urgências do hospital. Nesta situação, não a deixe comer ou beber e não lhe estimule o vómito. Recorra também, se necessário ao número europeu de emergência, o 112.
Caso pretenda obter mais informação sobre este assunto, não deixe de contactar o CIAB, em Braga: na R. D. Afonso Henriques, n.º 1 (Ed. da Junta de Freguesia da Sé) 4700-030 BRAGA * telefone: 253617604 * fax: 253617605 * correio eletrónico: geral@ciab.pt em Viana do Castelo: Av. Rocha Páris, n.º 103 (Villa Rosa) 4900-394 VIANA DO CASTELO * telefone 258 806 269 * fax 258806267 * correio eletrónico: ciab.viana@cm-viana-castelo.pt ou diretamente numa das Câmaras Municipais da sua área de abrangência.

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

10 Dezembro 2018

Como sonhar um negócio

09 Dezembro 2018

Macron - Micron

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.