Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +

Cimeira da Acção Climática: “ainda não é tarde”...

Perdidos e achados

Cimeira da Acção Climática: “ainda não é tarde”...

Ideias

2019-09-24 às 06h00

Paulo Monteiro Paulo Monteiro

“Ainda não é demasiado tarde”. A frase é de António Guterres e foi dita ontem ao abrir a Cimeira da Acção Climática. O secretário-geral das Nações Unidas tem feito das alterações climáticas uma das suas grandes lutas e luta a toda a hora para que tudo mude. Por isso pediu que o dia de ontem não fosse para discursos nem para negociações mas sim para acções e para compromissos. Já todos estamos cheios de promessas e só com promessas não conseguimos resolver o problema. Mas Guterres disse mais: “a emergência climática é uma corrida que estamos a perder mas que ainda podemos ganhar. A crise climática é provocada por nós e as soluções devem vir de nós. Temos as ferramentas: a tecnologia está do nosso lado”.

É preciso dizer mais alguma coisa? Temos tudo para ir ainda a tempo de mudar o que um dia, sem fazer nada, pode ser catastrófico. Guterres diz mesmo que a natureza está zangada: “acreditar que a podemos mudar é enganarmo-nos a nós próprios, porque a natureza contra-ataca sempre”. Apesar do clima ser tratado a ‘passo de caracol’ é urgente mudar tudo e quase radicalmente e a velocidade supersónica.
Ontem acabamos por ter algumas boas notícias sobre o tema e o apoio e os compromissos. E ainda bem. Muito positivo foi o facto da Rússia ter assinado ontem uma resolução governamental que consagra a adesão definitiva ao Acordo de Paris (já assinado por 195 países). A segunda: 66 Estados aderiram até agora ao objectivo de neutralidade carbónica em 2050. Positivo. Muito positivo. E mais positivo ainda: Portugal disse desde a primeira hora sim ao Acordo de Paris e à neutralidade carbónica e tem sido exemplo para muitos no Mundo!

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.