Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +

Ciência e Conhecimento estão aqui

“Marca própria” em tempos de pandemia

Ciência e Conhecimento estão aqui

Ideias

2021-02-25 às 06h00

Vítor Oliveira Vítor Oliveira

AGuimarães contemporânea não é só a cidade da História, da Cultura e da preservação do Património. Sabemos que “Aqui Nasceu Portugal”, mas hoje consolida-se também o espírito empreendedor de uma cidade e de um concelho da Ciência e do Conhecimento, com a criação de projetos-âncoras que projetam Guimarães no domínio do digital, da tecnologia e da governação eletrónica, numa relação de estreita proximidade entre Câmara Municipal, Universidade do Minho, IPCA e Universidade das Nações Unidas.
Comecemos por aqui. Em Couros, a passagem da Unidade das Nações Unidas para Instituto da Universidade das Nações Unidas é o próximo objetivo, após a conclusão da 2ª fase das obras de reabilitação da antiga fábrica “Freitas & Fernandes”, uma intervenção promovida pelo Município e financiada pela União Europeia em 85% do seu valor. A ampliação da infraestrutura de apoio da UNU-EGOV, entidade dedicada à investigação e ao ensino no domínio da governação eletrónica, está concluída. Segue-se a celebração do contrato de comodato com a Universidade do Minho – passo que se revela fundamental para a concretização do processo de transição da UNU-EGOV para Instituto das Nações Unidas de pleno direito.

Ali bem perto, na Cruz de Pedra, ao lado dos antigos Fornos de Olaria, onde outrora se confecionava a lendária “Cantarinha dos Namorados”, cujo edifício será brevemente recuperado, vai nascer a futura Escola-Hotel – a Escola Superior de Hotelaria de Guimarães. Através da Cultura e da Educação, dá-se a conhecer Guimarães enquanto concelho de afetos, de laços criados entre as suas gentes que projeta o futuro com esperança, com projetos inovadores, como será a Escola-Hotel, em embrião no centro da cidade e que vai regenerar aquele local icónico de Guimarães, numa parceria entre a Autarquia e o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA).
Mas o investimento do Município vimaranense não é feito, somente, no centro da cidade. A norte do concelho de Guimarães, o AvePark vai acolher em breve o Instituto Cidade de Guimarães de Materiais Biomédicos Avançados, uma obra que resulta da celebração de um acordo entre o Município e o Grupo 3Bs.

A TERM Research Hub, liderada pelo cientista Rui Reis, é o maior projeto financiado (10.8 M€) do roteiro nacional de infraestruturas de investigação de interesse estratégico e será, a par do atual e do novo edifício e respetivos equipamentos científicos de ponta, a maior infraestrutura europeia totalmente dedicada à investigação em biomateriais, engenharia de tecidos humanos e medicina regenerativa.
Esta é uma parceria única, promovida pelo Presidente Domingos Bragança e por um grupo de investigação de uma Universidade. Esta união será a base do Instituto Cidade de Guimarães, que terá como principal objetivo potenciar a valorização do conhecimento gerado, o seu impacto económico e o emprego científico nestas áreas. O novo edifício está igualmente perto de ficar concluído.
Também no AvePark, vai ser instalado o novo Supercomputador, um investimento do Governo de Portugal que ascende a um total de mais de 20 milhões de euros nos próximos três anos. Trata-se de um equipamento utilizado para fins científicos de diversos ramos, como química, biologia, física quântica, mecânica e meteorologia.

Capaz de executar 10 milhões de biliões de cálculos por segundo, terá a mesma tecnologia usada pelo supercomputador mais rápido do mundo. Em Guimarães, toda a sua operação será baseada em fontes de energia renováveis, o que fará dele um “Supercomputador Verde”. Um investimento de dimensão internacional em coerência com a política ambiental definida por Domingos Bragança.

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

14 Abril 2021

Óleo +

13 Abril 2021

Kramer contra Kramer

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho