Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +

Concretizações - 2022

O primeiro Homem era português

Banner publicidade
Concretizações - 2022

Escreve quem sabe

2022-01-02 às 06h00

Joana Silva Joana Silva

Eis que chegou 2022! Um novo ano! Um novo recomeço! Há quem acredite muito, que quando um novo ciclo se renova, é a oportunidade de novas realizações e conquistas. Por outro lado, há quem afirme, que transitar de ano, apenas significa mudar o dia e hora no calendário, sem mudanças significativas no dia-a-dia. Mais do que iniciar um novo ciclo, é importante estar motivado/a na atitude para a mudança. É como fazer o “reset” do que ficou para trás, do que fez mal, e sobretudo das aprendizagens, mesmo que “a duras penas” (expressão popular), ensinaram e tornaram mais fortes. Repare que, quando se passa por um problema grave, pela primeira vez, a intensidade da dor emocional é bastante dolorosa. Todavia, de uma segunda vez que aconteça, a intensidade dessa mesma dor, pela experiência anterior, já não é tão intensa. Porquê? Porque da primeira vez, por mais difícil que tenha sido, essa situação preparou-o/a e de certa forma e o/a fortaleceu para possíveis situações no futuro. Como vê, nem tudo é negativo. Porque, o se “estar mais forte”, é um “brinde da vida”, quando se está na “direção certa” da evolução. Quando se inicia um novo ano, por norma, há quem faça uma retrospetiva do ano anterior e... fique triste. Ou porque não foram realizou ou conseguiu os sonhos, ou porque, houve alguma perda que o/a fez esmorecer. A interpretação do tempo é subjetiva. Neste sentido, o tempo é tudo, mas também, pode não ser nada. Repare, mesmo que não tenha conseguido os objetivos que se propôs no ano passado, ainda vai muito a tempo de realiza-los. Certamente que já ouviu a expressão, “ A pressa é inimiga da perfeição”. Talvez não fosse o momento certo, ou não estivesse preparado/a para tal.Nem sempre o que se quer muito, é o melhor para nós. E aqui, a vida também dá os sinais de aviso, mesmo que nem sempre se deseje vê-los.
Neste novo ano, 2022, a prioridade é pensar mais em Si e para Si. Uma lista de objetivos detalhados, nem sempre é funcional, pois há pessoas que ao enumerarem ou listarem esses mesmos objetivos, pela quantidade em vez da qualidade, acabam por não se focar em nenhum e desmotivam com o passar do tempo. Porque não, escrever, por exemplo, num papel três situações que gostava muito de fazer. Convém separar objetivos realistas dos irrealistas. Um objetivo irrealista, é por exemplo, o desejo de ter sorte ao jogo e como consequência ficar rico/a “do dia para a noite”. Embora não seja impossível, as probabilidades são reduzidas. Um objetivo realista, é por exemplo, viajar ao destino com que sempre sonhou. Idealize, como se já estivesse nessa mesma situação feliz. A idealização ajuda a motivar. Mesmo que esses três “desejos” possam ser considerados “absurdos aos olhos” de outras pessoas, não se deixe influenciar. Porque pessoas que não tem a coragem de mudar as suas próprias vidas, à partida irão ter uma visão negativa quanto às mudanças da vida dos outros. Sabia que um dos grandes entraves para a concretização dos desejos, é antecipar cenários irrealistas catastróficos, ou sofrer por antecipação por situações que ainda nem aconteceram e o mais provável é não ocorrerem? Pois bem, pense, nas vezes que está diante de algo e que se sente bem e feliz, mas de imediato, começa a pensar e a preocupar-se com “Ss” e “Ms” que nada estão relacionados com a situação em si e que muito pelo contrário, acabam por interferir negativamente na sua motivação e atitude. Em jeito de conclusão, por vezes, é preferível pensar menos e agir, do que pensar muito e depois ficar assim, sem nada. Se teve uma ano muito difícil e ainda se sente magoado/a pelo o que aconteceu na sua vida, faça um luto. Um luto significa “dar tempo” para se recuperar face à situação que lhe causou dor. Se tiver de chorar, chore, mas recorde-se sempre, “depois da tempestade, bem sempre a bonança” e tudo passa. Tudo na vida, é possível, se acreditar-se e se enfrentar-se todos os medos e inseguranças com bravura e coragem. Cerque-se de pessoas que gostem verdadeiramente de si e prossiga rumo à felicidade, porque novas realizações e momentos de muita felicidade estão a caminho.
Coloque “pontos finais” e sem “vírgulas” no que nada contribui para a sua felicidade. Não deixe também que as “reticencias” da vida o/a imobilize. Seja feliz de forma absoluta e completa em “exclamação”!!! Feliz Ano 2022! Muitas realizações boas para Si!

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

26 Junho 2022

A placa

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho