Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Dia Internacional da Preguiça

Escrever e falar bem Português

Ideias

2017-11-07 às 06h00

Paulo Monteiro

Hoje é o Dia Internacional da Preguiça. Podia ficar por aqui e não escrever nem mais uma linha. Tinha argumentos para isso, evocando o dia que hoje se comemora. Mas vou continuar...
Continuo, porque acho piada a muitos dos dias que são criados nos 365 dias do ano. E este tem piada. Dia Internacional da Preguiça. Isto significa que só temos preguiça um dia por ano? Ou ao contrário, significa que este é o único dia do ano em que não podemos ter preguiça? Isto, claro está, fazendo analogia ao Dia do Trabalhador (1 de Maio) em que... não se trabalha!
Mas é engraçado este Dia Internacional da Preguiça.

Segundo dizem... “o intuito do Dia Internacional da Preguiça é lembrar que o descanso é importante para o bem-estar da pessoa, sendo por vezes melhor descansar e não fazer mesmo nada, do que insistir em fazer algo.”
Ah... mas atenção: não confundir o dia de hoje, que deve ser inteiramente dedicado à arte de relaxar e de não fazer nada, com o Dia Internacional da Preguiça (21 de Outubro) dedicado ao... animal. A preguiça é um animal de características muito especiais, cujo fama deriva do facto de fazer as coisas com lentidão. Apesar de se alimentar de folhas, a preguiça demora um mês a digerir uma refeição... O seu verdadeiro nome é Folivora.
Pois... mas hoje a preguiça é por nossa conta. Será?

Segundo a wikipédia, a preguiça pode ser interpretada como aversão ao trabalho, bem como negligência, morosidade e lentidão. Mas também pode não ser. Pode ser apenas preguiça por não apetecer fazer nada.
Mas, apesar de hoje o dia ser da preguiça, não deixei de escrever neste cantinho do jornal e que lhe faz companhia de segunda a sexta-feira. E o caro leitor também não foi na cantiga da preguiça, porque o leu até ao fim... Hoje é mesmo dia para lhe desejar... um bom dia e cheio de energia!

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.