Correio do Minho

Braga, sábado

- +

Dia Mundial do Ambiente

Nunca é tarde para ser feliz

Dia Mundial do Ambiente

Ideias

2019-06-12 às 06h00

Pedro Machado Pedro Machado

Apesar de para mim ser algo que me acompanha diariamente, desde há 23 anos, acho que nunca se ouviu falar tanto de ambiente, sustentabilidade, alterações climáticas, entre outros temas, como na última semana.
Aproveitando o Dia Mundial do Ambiente (5 de junho) multiplicaram-se as iniciativas para assinalar a data
É fundamental que este tipo de ações, importantíssimas sem dúvida, sejam realizadas também ao longo de todo o ano, nas escolas, nas empresas, mas também em casa, nos locais de lazer, pois só assim existe uma efetiva melhoria da qualidade de vida ambiental.
No entanto, a nossa preocupação não pode cingir-se a uma data no calendário. Só haverá efetivamente alterações se esta for uma preocupação constante, presente nos comportamentos do dia-a-dia. Temos de Massificar a Educação e a Sensibilização Ambiental. Se assim não for, continuaremos a assistir à degradação do nosso planeta.
No âmbito do Greenfest, fui convidado, com muita honra, para estar presente numa palestra sobre Lixo Zero. Apesar de felicitar a maioria dos presentes pela extrema dedicação a estas causas, na minha opinião, para cuidar do ambiente, não são necessários grandes esforços, isto é: para sermos ambientalmente corretos, não são necessários grandes trabalhos!
Obviamente, seguindo a política dos 3 R’s, a primeira preocupação deverá ser sempre “Reduzir” os resíduos que produzimos, mas não é fundamental ter como objetivo o “Lixo Zero”, se tentarmos reduzir os resíduos, o importante é que, os resíduos que produzimos, sejam encaminhados para o local correto para que possam ser reciclados. Os resíduos de embalagens devem ser sempre separados dos orgânicos e depositados nos ecopontos. Se tivermos esta preocupação presente, já estamos a contribuir, continuamente, para a proteção do meio ambiente.
Por isso, no passado sábado, a Braval abriu, mais uma vez, as portas do Ecoparque a cerca de 20 famílias interessa- das em conhecer o destino dos seus resíduos.
Consideramos que constatar “com os próprios olhos” aquilo que acontece aos resíduos que produzimos vai contribuir para a consciência da necessidade de separar os resíduos e que estas pessoas serão um veículo de transmissão desta mensagem junto de familiares e amigos.
Consciente disso, a Braval aposta, desde a sua criação, na sensibilização/educação ambiental da população, é imprescindível que a consciência da importância da reciclagem seja posta em prática no dia-a-dia e que os resíduos sejam colocados nos ecopontos, nos pontos eletrão, nos óleões, nos pilhões...
A educação e sensibilização ambiental é fundamental, só assim teremos um futuro ambientalmente sustentável!
Ajude-nos, ajudando-se!

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

12 Agosto 2019

Penso logo opino

02 Agosto 2019

Privilégios docentes

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.