Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +

Dinamizar as Tradições um Percurso e um Desafio

Direito à Educação

Ideias

2016-01-06 às 06h00

Félix Alonso Cabrerizo Félix Alonso Cabrerizo

“As primeiras bases musicais temo-la no Folclore e na Etnologia… E neste manancial de água pura e onde os pequenos, a partir dos 3 anos começam a entoar estas canções e se identificam com a musica e o idioma do país. No entanto, chegando aos 12 e 13 anos e a partir de então vai-se perdendo interesse pelo nacional e abraça-se o estrangeiro. “O FUTURO DA MÚSICA.”
(Félix Alonso Cabrerizo - Correio do Minho 21-04-1994)

Todos os que estamos e colaboramos no dia-a-dia das Tradições, nós perguntamos muitas vezes; qual é a verdadeira via o caminho, para nós termos nosso público, nossos apoiantes, nossos seguidores, nossos simpatizantes? E que todos apreciem e gostem de nosso trabalho, sejam iluminados pela felicidade e deem continuidade as nossas tradições, de Braga do Minho e de Portugal, que jamais percam o rumo e sigam amando a cultura de seu país, tenham orgulho pelas tradições Portuguesas e respeitem e aceitem as culturas de outros povos.

Para encontrar o verdadeiro caminho, o 1.º passo será, educar e ensinar as crianças a partir dos 3 anos, as nossas Tradições, trabalhando com elas 15 anos consecutivos, em plena sintonia com os estudos escolares de Pré-primária, 1.º Ciclo, 2.º ciclo, 3.º Ciclo e Secundário e posteriormente seria gratificante outros 15 anos de amadurecimento, conhecimento e experiência. Todo este percurso pode parecer utópico, mas não, é um processo, que esta a dar frutos na Madeira e Alentejo, com os jovens a ter um papel fundamental nas Tradições.

Escrever artigos e partilhar conhecimentos, é fundamental, e é uma maneira interessante para atrair os jovens, para que assimilem pouco a pouco as raízes, e as características das culturas Tradicionais. Agora temos muito que trabalhar, semear e clarificar posições, para dar os passos certos.

Associação Cultural ACOFA, a caminho dos 37 anos, com 15 BRAGAFADOS (evento mais significado do Minho), nestes 2 últimos anos tem dado um salto qualitativo, tanto a nível de organização como artístico. Tomando como ponto de partida o FADO TRADICIONAL, referência e identidade de uma filosofia, que garantiu o sucesso e o acolhimento do público, público, que se identifica plenamente com o Fado Tradicional.

O Fado Tradicional criou bases sólidas, para ACOFA implantar um modelo de cantar o FADO, que faz neste momento uma Associação Cultural da referência em Braga e no Minho. Outra das suas bases é a sua magnifica estrutura, composta, pelos Fadistas, Guitarristas, Técnicos de Som, técnicos de Palco, Decoração e vestuário. A escola de Fado, junto a tudo isto, forma um elo de futuro para dar continuidade à formação de fadistas que cultivem e respirem Fado Tradicional. No passado 12 de Dezembro em uma noite de Fados Organizado pela Câmara Municipal de Braga, ACOFA inaugurou pela primeira vez o Palco Móvel que serve e servirá para dar mais qualidade aos seus espetáculos.

Por último quero passar uma mensagem a todas as Associações Culturais: Queridos Amigos já que estamos numa fases pós-natalícias onde começamos com os Cânticos dos Reis e Janeiras uma tradição única e muito significativa. Nós todos podemos fazer mais por Braga, muito mais, para isso temos que partilhar ideias e trabalhar em conjunto e colaborar entre todos nós, as Tradições de Braga. Já que muitas destas Tradições correm o risco de desaparecer. É muito importante semear para recolher e ter público, ter uma estrutura e uma massa associativa muito forte para defender este Património Tradicional e valioso que temos em Braga e no Minho.

Desejo um Bom Ano de 2016 cheio de êxitos e obrigado a todos que mantem as tradições nas épocas específicas de cada momento do ano.

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

04 Junho 2020

COVID… e agora?

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho