Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Dísticos de informação ao consumidor

O que nos distingue

Escreve quem sabe

2018-09-08 às 06h00

Fernando Viana

O direito à informação constitui um dos mais basilares direitos do consumidor.
De facto, é através de uma informação clara, esclarecida e completa que este constitui uma vontade firme de contratar, de adquirir este ou aquele produto ou serviço.
COMUNICAR AO CONSUMIDOR, é uma Medida SIMPLEX que visa disponibilizar aos operadores económicos uma ferramenta que lhes permite organizar e divulgar, de forma mais simples e acessível, todas as informações obrigatórias ou facultativas que atualmente se encontram afixadas, em formato papel, nos estabelecimentos comerciais.
Para o efeito foi criada uma Plataforma com a designação “COMUNICAR AO CONSUMIDOR” (disponível no seguinte endereço eletrónico: www.comunicarconsumidor.gov.pt) que disponibiliza gratuitamente aos agentes económicos os dísticos de informação ao consumidor necessários ao exercício da sua atividade.

Estão disponíveis dísticos relativos a todas as situações dos estabelcimentos comerciais, como seja:
1) a identificação do estabelecimento comercial;
2) o horário de funcionamento;
3) Livro de reclamações;
4) Tabaco: proibiçção de fumar;
5) Resolução Alternativa de Litígios;
6) Tabaco: fumadores;
7) Símbolo internacional de acessibilidades;
8) Para os estabelecimentos de restauração e bebidas exiastem diversas possibilidades de dísticos relativos várias restrições de acesso ou permanência naquele tipo de estabelecimentos, como sejam: a restrição de acesso a animais de companhia, com exceção dos cães de assistência, ou de consumo ou despesa mínima obrigatória;
9) proibição de venda de produtos de tabaco;
10) restrições à venda e consumo de bebidas alcoólicas, entre muitas dezenas de dísticos.

Alguns são de afixação obrigatória (como seja o horário de funcionamento, ou a existência de sistema de videovigilância, ou do livro de reclamações), já outros são meramente facultativos (como sejam os dísticos contendo informação sobre a disponibilização de wifi, ar condicionado, website ou ainda a existência de Apps que podem ser descarregadas).
O agente económico apenas tem de identificar naquela Plataforma o tipo de estabelecimento que possui (em função do código da atividade económica dominante). Seguidamente vai construindo um painel com os diversos dísticos que pretende selecionar. Finalmente, pode proceder à impressão do painel à escala de 100% ou disponibilizar o painel em formato eletrónico.
Deve por último afixar o paineol que criou de forma vísivel e legível no estabelecimento em causa.
Esta plataforma permite às empresas, o acesso a todos os dísticos que contém as obrigações de informação ao consumidor associadas à atividade que exerce. No entanto, o agente económico deve sempre certificar-se de que cumpre a legislação em vigor.

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

18 Dezembro 2018

Arrematar o Ano

16 Dezembro 2018

Sinais de pontuação

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.