Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +

Diversificação Alimentar no Primeiro Ano de Vida

Bolsonarismo, ideologia de destruição e alternativa

Voz à Saúde

2014-06-14 às 06h00

Fátima Costa Fátima Costa

Após o nascimento do bebé, muitas dúvidas se colocam quanto à sua alimentação.
O melhor alimento para o seu bebé é o leite materno, que deve ser mantido em exclusividade, sempre que possível, até aos seis meses de vida. Contudo, existem situações em que o leite materno deixa de existir ou é insuficiente, devendo-se recorrer a um leite adaptado. A diversificação alimentar não deve começar antes dos 4 meses e, idealmente, deve se fazer após os 6 meses, caso o bebé seja alimentado exclusivamente com leite materno. Esta não deve ser rígida e deve ser adaptada às necessidades de cada criança e do seu agregado familiar.

Pode se iniciar com uma refeição de puré de legumes constituído por uma base de batata, cebola, alho francês, cenoura, abóbora, alho, alface, couve branca, brócolos ou curgete, respeitando o limite máximo de quatro a cinco legumes, e ir progressivamente introduzindo outros legumes. A beterraba, o nabo, o aipo, a nabiça e o espinafre, pelo elevado teor de nitratos e fitatos, só devem ser introduzidos após os doze meses. A cada dose do puré de legumes, deve adicionar uma colher de chá de azeite cru.

Posteriormente, pode substituir uma refeição de leite por uma papa de cereais. Existem dois tipos de papas: Lácteas - que são preparadas com água - e Não Lácteas - que são preparadas com o leite que o lactente toma nas outras refeições. A introdução de papa com Glúten deve ser efetuada entre os 4 e os 7 meses.
Após iniciar o puré de legumes ou a papa de cereais, o bebé passa a ter necessidade de ingerir água, devendo ser oferecida várias vezes ao dia.

A fruta pode ser iniciada por volta do sexto mês através de sobremesas como maçã ou pêra cozida e também banana triturada. O morango, amora, maracujá e kiwi só devem ser introduzidos após os 12 meses.

O bebé pode, também, iniciar aos seis meses a carne associada ao puré de legumes. Deve iniciar-se com carnes brancas, como frango, peru, coelho ou avestruz. Após os 12 meses, pode se introduzido as restantes carnes. Posteriormente à introdução da carne, pode introduzir-se o peixe no puré de legumes em substituição da carne, recorrendo à pescada, linguado, solha ou faneca. Salmão só deve ser apresentado após os 12 meses.

Aos 7 meses, o bebé pode começar duas refeições de puré de legumes por dia. A dose diária de 30 gramas de carne ou peixe pode ser oferecida numa só refeição (almoço) ou repartida entre o almoço e jantar. São aconselhadas 4 refeições de carne e 3 refeições de peixe por semana.
A partir dos 7 meses, a carne ou peixe podem ser preparados com farinha de pau ou açorda; aos oito meses, com arroz ou massa, sempre acompanhados de legumes.
Não deve adicionar sal à comida do seu bebé.

O pão pode ser introduzido sob forma de açorda aos sete meses ou em pequenas quantidades após os oito meses para treinar a mastigação.
Aos 9 meses, pode iniciar meia gema de ovo cozida por semana durante duas ou três semanas e posteriormente aumentar para uma gema. Não deve ingerir mais que duas a três gemas por semana. Na refeição em que o bebé come a gema, não deve comer carne nem peixe. A clara só deve ser iniciada após os onze meses, ou, no caso de haver alergias na família, após os vinte e quatro meses.

Entre os 9 e os 11 meses, deve iniciar-se as leguminosas cozidas após um período de molho, como o feijão-frade, feijão branco ou preto, ervilhas, favas, lentilhas ou grão, inicialmente sem casca e em pequenas porções.
O iogurte pode ser introduzido ao lanche por volta dos 9 meses. Deve ser iogurte natural, sem aromas nem aditivos. Se necessário, pode adicionar fruta fresca.

O leite de vaca só pode ser iniciado após os doze meses e não deve ultrapassar os 500ml por dia em associação com queijo e iogurtes.
No plano de diversificação alimentar, deve aguardar três dias entre a introdução de novos alimentos.
Não existem regras fixas, se tiver dúvidas contacte o seu médico.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho