Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +

Escola: lugar insubstituível!

Não somos um Rio

Escola: lugar insubstituível!

Voz às Escolas

2021-09-13 às 06h00

Maria da Graça Moura Maria da Graça Moura

Férias significa período de descanso. Crianças e jovens experimentam dias diferentes, atividades divertidas. Mas, quando chega setembro, apesar de ser muito bom estar de férias, começa a ansiedade, o querer regressar às aulas. É um jogo de sentimentos, sensações e emoções, onde todos os minutos são muito especiais. E este ano de forma tão diferente!
Sem dúvida que, para grande parte dos alunos, a escola é a segunda casa e os amigos a segunda família. O regresso é pintado de risos, de alegria, de surpresa estampada nos rostos perante aquele aluno que mudou de voz, aquela menina que cresceu muito, aquele jovem que está a ficar um homem, aquela amiga que nem parece a mesma. Primeiro dia de aulas, para uns a primeira vez, para muitos um retorno à escola. Mas todos com o mesmo desejo de descobrir o que vão encontrar, como será o novo ano, as novidades, rever os professores e os colegas da turma, conhecer novos professores e novos colegas. Após este tempo de tanta insegurança, de vai e vem, ora em presença, ora em isolamento, toda a comunidade escolar está ansiosa com a chegada do novo ano.

Todas as escolas do Agrupamento André Soares estão prontas para lidar com a nova realidade e redobraram os cuidados para acolher os alunos, que queremos se sintam motivados e animados com o retorno.
Os professores estão mais conscientes do que nunca dos constrangimentos e limitações que a pandemia provocou nas aprendizagens dos alunos e que o grande desafio deste ano letivo é focar a atenção no seu preenchimento para que todas as aprendizagens sejam recuperadas de forma significativa. É fundamental que o Ministério da Educação aposte em todos os mecanismos e disponibilize os equipamentos educativos e tecnológicos para que os agrupamentos, no quadro da sua autonomia, possam flexibilizar as respostas organizacionais, curriculares e pedagógicas em função das necessidades de recuperação das aprendizagens. Seria fundamental a redução de alunos por turma para possibilitar a ação pedagógica dos professores em diferentes grupos na sala de aula, atendendo às suas diferentes necessidades. Ainda não aconteceu! A maior parte das turmas continua lotada.
É inadiável ainda, a especial atenção a cada aluno, perceber se há marcas, sinais de medos, de insegurança.

O impacto do tempo que todos vivemos não foi o mesmo em todos os lares, em todas as famílias, em todos os indivíduos. Nunca saberemos, por mais estudos de investigação científica que se façam, o quanto custou (e continua a custar) a cada um esta vivência única dos habitantes do planeta.
Deixo um apelo, um apelo a este cuidado com cada criança, cada aluno, uma atenção muito especial ao seu bem-estar, ao seu equilíbrio emocional. Sem ele, não haverá qualquer recuperação de aprendizagens.
Nós cá estamos, prontos para enfrentar este ano com caraterísticas peculiares, motivados para superar os obstáculos e dispostos a transformá-los em projetos enriquecedores e potenciadores de mudança!
Desejo que este seja um grande ano, que nenhum receio assombre a energia que se sente já nas escolas. Uma energia de que tanto necessitámos para recuperar. Recuperar as dinâmicas que nos fazem acreditar que a escola é um lugar transformador.
Um lugar insubstituível!
Um grande 2021/2022 para todos!

Deixa o teu comentário

Últimas Voz às Escolas

18 Outubro 2021

Mentores

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho