Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +

Está confirmado, vem aí o Natal

A avestruz risonha que tocava Strauss

Está confirmado, vem aí o Natal

Escreve quem sabe

2018-12-08 às 06h00

Fernando Viana Fernando Viana

Aproxima-se de forma rápida a época do ano que para muitos constitui a Festa da Família, faz as delícias da pequenada e, porque não há bela sem senão, aumenta o consumo e o despesismo.
Assim, aqui ficam alguns conselhos para quem quiser ter uma atitude de consumo mais proativa e objetiva, poupar alguns euros e pensar no ambiente:
• Planear é o mote: Faça uma lista de prendas e estabeleça um tecto orçamental para o que pensa gastar em prendas;
• Comparar preços: por muito cansativo que se torne, se perder algum tempo a estudar os preços, pode ganhar alguns euros;
• Atitude ecológica: tenha alguma consideração pelo meio ambiente. Evite ao máximo comprar prendas que, de algum modo, prejudiquem o meio ambiente;
• Tenha em atenção que nas compras à distância (onde se inclui o comércio eletrónico) existe um prazo de arrependimento (14 dias para devolver, mas com cautelas). Tenha também em atenção a confiabilidade dos sítios de Internet;
• Publicidade: não se entusiasme com os anúncios e com a informação mais bombástica. Estude previamente com algum detalhe o produto;
• Informação pré-contratual: só evitará surpresas desagradáveis se se informar devidamente. Leia os contratos (em especial as letrinhas mais pequenas);
• Crédito ao consumo: evite, não se endivide. Tem de ser? Então pelo menos veja mais do que uma proposta e peça a FIN (ficha de informação normalizada) às instituições financeiras. Mesmo depois de assinar tem 14 dias para desistir do empréstimo, se quiser;
• Decorações de Natal: tenha muito cuidado na sua utilização, em especial esteja atento aos riscos elétricos;
• Decorações de Natal e crianças? Combinação explosiva: Cabe a si enquanto adulto responsável prevenir ferimentos ou asfixia. Evite decorações que pareçam guloseimas ou comida, possuam peças facilmente destacáveis, se partam facilmente ou tenham arestas afiadas.
Em resumo, cabe a cada um de nós fazer tudo o que está ao nosso alcance para o que o Natal que se avizinha seja de facto uma grande Festa.
Caso pretenda saber mais sobre este assunto, contacte o CIAB-Tribunal Arbitral de Consumo: em Braga, na R. D. Afonso Henriques, n.º 1 (Ed. da Junta de Freguesia da Sé) 4700-030 BRAGA * telefone: 253 617 604 * correio eletrónico: geral@ciab.pt ou em Viana do Castelo: Av. Rocha Páris, n.º 103 (Villa Rosa) 4900-394 VIANA DO CASTELO * telefone 258 809 335 * correio eletrónico: ciab.viana@cm-viana-castelo.pt ou ainda diretamente numa das Câmaras Municipais da sua área de abrangência ou em www.ciab.pt.

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

15 Outubro 2019

Outubro um mês associativo

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.