Correio do Minho

Braga, terça-feira

Exposição na sala Carlos Amarante

Desprezar a Identidade, Comprometer o Futuro

Voz às Escolas

2016-05-23 às 06h00

Hortense Lopes dos Santos

No nosso Agrupamento promovemos a divulgação das atividades dos alunos e professores, através das exposições em diferentes espaços, no interior ou exterior dos estabelecimentos escolares.
Nos diferentes espaços que integram a Biblioteca da Carlos Amarante, nomeadamente na sala do patrono, expõem-se mostras de materiais, fotografias e outros trabalhos.
A exposição agora patente na sala Carlos Amarante enquadra-se na proposta de dinamização da antiga entrada da escola, por parte de uma equipa formada por elementos do grupo de trabalho do Museu, do grupo de Artes e da Biblioteca.

Esta mostra desdobra-se em quatro momentos distintos ou pequenas exposições, aos quais se tentou dar uma unidade que mostrasse algum diálogo entre a arte ocidental com a arte oriental, enquadrando-a deste modo no projeto “O Fascínio do Oriente” que se desenvolve no presente ano letivo.
Um dos momentos conta com a exibição de peças de gesso restauradas pertencentes ao espólio do Museu da ESCA. Trata-se de modelos usados nas aulas práticas e de peças realizadas pelos alunos da então Escola de Desenho Industrial. Algumas destas peças datam de finais do século XIX, sendo as restantes da primeira metade do século XX.

Um segundo momento, e mais diretamente relacionado com as peças de gesso, é constituído por estudos de desenho das mesmas realizadas por alunos de Artes no presente ano letivo.
Os outros dois momentos são também constituídos por trabalhos realizados pelos alunos e têm como tema a cultura oriental. Um, trata-se de uma pequena exposição intitulada “Conta uma História” onde é abordada a estética do desenho Manga. O outro é formado por dois mobiles onde a poética oriental nos é, simbolicamente, transportada pela forma dos leques.

Com esta exposição visamos não só o encontro cultural Ocidente/Oriente, mas ainda a simbiose entre o passado e o presente da Escola Carlos Amarante.
Convidamos a comunidade a visitar esta excelente exposição.
Não poderia terminar esta crónica sem nos congratularmos com os nossos ex-alunos que foram premiados no passado dia 16 de maio, na Universidade do Minho, pelas excelentes classificações de ingresso nos cursos pretendidos. Neste caso, destaca-se a melhor nota (19,65) de ingresso na UMinho da aluna Teresa Martins.
Parabéns a todos.

Deixa o teu comentário

Últimas Voz às Escolas

17 Setembro 2018

“Bons e maus Papeis”

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.