Correio do Minho

Braga, sábado

- +

Gripe A(ssustadora)

Bem-estar dos portugueses no contexto europeu

Gripe A(ssustadora)

Voz à Saúde

2024-01-09 às 06h00

Joana Afonso Joana Afonso

A Gripe A é a doença provocada pelo vírus semelhante ao da gripe: influenza A (subtipos H1N1 e H3N2). Só é possível distinguir a Gripe A da gripe habitual (influenza B) através de exames laboratoriais, por exemplo, com a realização de um teste de zaragatoa nasofaríngea, semelhante ao colhido para os testes do vírus COVID-19.
Tosse, febre, nariz entupido e dor de garganta fazem parte do leque de sintomas que podem surgir num caso de Gripe A. Dores nos músculos e nas articulações, dor de cabeça, arrepios, cansaço, vómitos ou diarreia também poderão estar presentes. Em caso de apresentar algum destes quadros não corra para a urgências do Hospital, saiba como deve proceder:
• Fique em casa e repouse;
• Não se agasalhe demasiado;
• Meça a temperatura corporal ao longo do dia e vigie o aparecimento de febre. Caso esta apareça, saiba que pode tomar Paracetamol (em dose adequada à sua idade e/ou ao seu peso). Se estiver grávida ou a amamentar não se automedique sem falar com o seu médico;
• Lave o nariz com frequência recorrendo a soro fisiológico para tratar a congestão;
• Não tome antibióticos sem recomendação do seu Médico, uma vez que estes medicamentos atuam no combate a bactérias e a Gripe A é causada por um vírus. Assim, a toma de antibióticos não irá melhorar os sintomas nem acelerar a cura da doença;
• Beba muitos líquidos, sendo água ou chá sem açúcar as bebidas preferenciais;
• Peça a alguém que lhe telefone com regularidade para saber como está, principalmente se viver sozinho ou se tiver alguma limitação;
• Se precisar de ajuda de um profissional de saúde poderá ligar para a Linha do SNS24 (808242424) de forma a que seja orientado;
• Se precisar de um certificado de ausência ao trabalho, a baixa médica, poderá você mesmo emitir diretamente através do Modelo de Autodeclaração de Doença, no site do SNS24.
Deve ser dada especial atenção aos doentes de risco que possam vir a desenvolver doença mais grave, nomeadamente, em pessoas imunodeprimidas como os portadores da infeção por VIH /SIDA, utentes diabéticos, grávidas em particular no 2º e 3º trimestres, crianças com menos de 2 anos, população idosa, doentes obesos, portadores de outras doenças crónicas com afeção cardíaca, pulmonar ou renal.
O vírus da Gripe A é transmissível de pessoa para pessoa através de gotículas infetadas libertadas quando uma pessoa está a falar, tossir ou espirrar, ou das secreções do nariz e garganta de uma pessoa com a doença. As medidas de etiqueta respiratória (proteção dos espirros e da tosse, uso de máscara, distanciamento interpessoal e evicção de aglomerações de pessoas) constituem as formas mais eficazes de prevenção da doença.
Numa fase em que aumentam os casos de gripe em Portugal não é possível com uma simples ida ao Médico especificar qual o vírus responsável pelos sintomas apresentados. Uma vez que a orientação e tratamento dos diferentes tipos de vírus respiratórios é semelhante não trará qualquer vantagem a determinação exata do subtipo de gripe, exceto nos casos mais graves.
É importante salientar que a Vacina da Gripe projetada para o ano 2023-2024 confere proteção adicional no combate à Gripe A, pelo que, deverá vacinar-se se fizer parte de um dos grupos de risco.
Lembre-se, cuide de Si! Cuide da Sua Saúde!

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho