Correio do Minho

Braga, terça-feira

Ler muito!

Desprezar a Identidade, Comprometer o Futuro

Voz às Escolas

2014-06-23 às 06h00

Maria da Graça Moura

As atividades letivas já terminaram, estando os alunos em fase de realização de provas finais! E, sem perder tempo, é já hora de refletir e de organizar, de planificar, de dar corpo a projetos promotores de sucesso escolar, facilitadores de aprendizagens e motivadores! É cada vez mais uma certeza, esta de encararmos a leitura como forma de desenvolvimento dos nossos alunos, como forma de melhorar os resultados nas diferentes áreas.

Já há algum tempo que identificamos um ponto fraco nos nossos alunos do 3º ciclo. O decréscimo de participação nas atividades da biblioteca, quer nas atividades de participação autónoma, quer nas que são propostas aos professores dos alunos deste nível de ensino, facto a que não será alheia a eliminação das áreas curriculares não disciplinares e, simultaneamente, a redução da carga horária da disciplina, aliada à necessidade de cumprimento do Programa e Metas Curriculares. Por outro lado, temos verificado também uma diminuição muito acentuada no recurso, por estes alunos, ao empréstimo domiciliário, indicador que sugere uma diminuição nos hábitos de leitura.

Acresce referir a existência de alunos que cada vez mais se motivam e se envolvem no trabalho pelo recurso às novas tecnologias, sendo amplamente criativos.

No âmbito do Projeto aLer+, o Agrupamento André Soares dinamizou, nas antigas instalações, a atividade “Uma sala de aula, um escritor”, tendo sido atribuído o nome de um escritor a cada sala. Além da personalização dos espaços, esta dinâmica contribuiu, de forma significativa, para a promoção da leitura, convocando os alunos a conhecer a obra do “seu escritor”.

Nas novas instalações, com maior amplitude, pretendemos dar continuidade à dinâmica supramencionada, na medida em que atribuímos nomes de personalidades relevantes aos diferentes espaços escolares.
Pretendemos envolver toda a comunidade neste projeto de leitura, destinado, inicialmente, aos alunos de 7.º ano, desenvolvendo cada turma o seu projeto de leitura “Todos@ler+”, conjugando diferentes modos de leitura, orientada e autónoma.

Cada aluno da turma deverá ler, em cada período escolar, uma obra de um dos escritores da escola e, a partir dessa leitura e do estudo desse escritor, serão criados/produzidos trabalhos/conteúdos, em diferentes disciplinas, com o apoio/colaboração de diferentes docentes, recorrendo-se à tecnologia e às ferramentas digitais.

Os trabalhos/conteúdos produzidos pelos alunos, individualmente e em grupo, serão divulgados a partir de um site com o nome do projeto e que alojará os diferentes projetos de leitura de cada uma das turmas. Os conteúdos produzidos serão igualmente indexados e catalogados no catálogo coletivo da rede concelhia.

A possibilidade de os alunos poderem ler em formato digital, nos tablets, disponíveis para empréstimo, será um fator para que se realizem mais e melhores leituras. E ainda a possibilidade de construírem conteúdos digitais os motivará para a aprendizagem e consequente desenvolvimento de competências de literacia, tecnológicas e digitais.

Depois de um período de descanso merecido, estaremos prontos para este novo desafio!
Para já, aos nossos alunos, bons resultados escolares e boas férias, com boas leituras!

Deixa o teu comentário

Últimas Voz às Escolas

17 Setembro 2018

“Bons e maus Papeis”

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.