Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Lixo e plástico no Mar: um problema cada vez maior

Por mais cultura do treino e treino baseado na ciência

Ideias

2018-04-12 às 06h00

Paulo Monteiro

Todos os estudos efectuados nos últimos tempos dão- -nos más notícias no que diz respeito à poluição dos nossos oceanos. É um problema grave e que precisa de ser resolvido rapidamente. As espécies marinhas morrem, outras são alvo de mutações que passam a ser desconhecidas e os oceanos vão adquirindo novos rostos por essa mesma constante poluição... De acordo com as Nações Unidas, cerca de 80% de todo o lixo que encontramos no mar tem origem em terra, sendo levado para o mar através principalmente dos rios, mas também pela acção dos ventos. Os restantes 20% estão relacionados com actividades marítimas, sendo atirados ao mar a partir de embarcações ou resultando de artes de pesca abandonadas ou perdidas.

Entre o lixo marinho, os resíduos de plástico constituem a fracção mais representativa (entre 60 a 95%) e que acarreta maiores problemas ambientais, segundo dados publicados pelo Ocean Action. E para dar uma ideia mais exacta do problema e repescando um estudo da Fundação Ocean Cleanup, esta diz que 80 mil toneladas de detritos de plástico, compostos por 1,8 mil milhões de fragmentos, ocupam no Oceano Pacífico, entre a California e o Havai, uma área equivalente a três vezes o tamanho da França. A concentração de lixo flutuante é enorme e o plástico é o maior e... depois regressa às nossas mesas através das espécies marinhas que comemos. É exactamente através dos peixes que os microplásticos chegam à cadeia alimentar humana e causam problemas de saúde. Novos problemas de saúde irão aparecer por esta poluição gritante e que não pára. É um problema global que precisa de ser resolvido. Mais um... infelizmente!

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.