Correio do Minho

Braga, terça-feira

‘Terrorismo incendiário’

Combater a DPOC

Ideias

2017-10-18 às 06h00

Paulo Monteiro

‘Terrorismo incendiário’. Este é um dos títulos de ontem da versão on-line do ‘Faro de Vigo’. Mais à frente outro título: “Feijóo acusa de homicidas os autores dos incêndios”. Milhares de galegos sairam à rua a protestar. Palavra de ordem: “Lume Nunca Máis” (‘Fogo nunca mais’). Também os galegos viveram momentos de terror e pânico. Na Galiza chegaram aos 100 incêndios e quatro mortes. Milhares foram para a rua protestar e a pedir a demissão de responsáveis governamentais. Alberto Núñez Feijóo, o presidente da Xunta da Galicia, e o próprio presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy, não tiveram medo nenhum de chamar ‘os bois pelos nomes’ e dizer a todos que os incêndios que assolam a Galiza “têm mão organizada e criminosa”.

A ministra da Agricultura e Pescas, Isabel García Tejerina também é clara na sua mensagem: “temos que ser absolutamente intolerantes com os incendiários”. Pediram aos galegos para se manterem calmos e não agirem por iniciativa própria no combate aos incêndios pois poderia ser pior. Lá estavam os ‘soldados da paz’ para fazer o seu melhor.
Por cá... uma paz pacifica. Os governantes não falam de monstros incendiários.
Por cá... Constança Urbano de Sousa, ministra da Administração Interna: “Para mim seria mais fácil ir-me embora e ter as férias que não tive. Mas agora não é altura de demissões”. Jorge Gomes, secretário de Estado da Administração Interna: “Têm de ser as próprias comunidades a serem pró-activas. Não podemos ficar à espera que apareçam os bombeiros e aviões para resolver os problemas”

Pois... como dizia na segunda-feira Miguel Sousa Tavares, António Costa “deve um pedido de desculpas ao país e devia ter dito: nós falhamos”. Ficava-lhe bem e tudo seria diferente a partir desse momento...

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

18 Dezembro 2018

O seu a seu dono!

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.