Correio do Minho

Braga, sábado

‘Yes we did’

Os Novos Estatutos do Escutismo Católico Português

Ideias

2017-01-12 às 06h00

Paulo Monteiro

Barack Obama fez, na madrugada de ontem, o seu último discurso enquanto presidente dos Estados Unidos. Escolheu Chicago, palco emblemático da sua vida política uma vez que foi ali que foi nomeado Senador e anunciou a sua candidatura a presidente.

Numa altura em que a democracia norte-americana enfrenta um duro teste, uma vez que não sabemos - e ninguém sabe - o que será o futuro com Donald Trump, Obama falou e reforçou que é importante ter democracia, respirar democracia... “a democracia requer uma noção básica de solidariedade. Apesar de todas as nossas diferenças, estamos todos juntos nisto. Vamos vencer ou falhar juntos.

Todos nós, independentemente do partido, devemos entregarmo-nos à tarefa de reconstruir as nossas instituições democráticas”. E terminou mudando o seu discurso de ‘Yes we can’ (‘Sim, podemos’) para ‘Yes we did’ (‘Sim, fizemos’). E fez muito. Agora o mundo está em suspense e à espera do que vai acontecer...

Numa altura em que se volta a falar em racismo com alguma insistência, tendo por base as nomeações para altos cargos por parte de Trump (como são os exemplos de Rex Tillerson, secretário de Estado; Jeff Sessions, para a Justiça ou Tom Price, para a Saúde, só para citar alguns), Obama aproveitou Chicago e o seu último discurso para dizer que apesar de ter sido o primeiro Presidente afro-americano a ser eleito, o racismo continua bem vivo nos Estados Unidos e que há muito a fazer.

A raça continua a ser uma força potente e por isso é que a democracia enfrenta um duro teste. Esperemos que Trump não faça asneiras. Pelo menos que sinta que a maioria dos norte-americanos não votou nele apesar de... ter ganho!

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.