Correio do Minho

Braga,

Migrações: no bom caminho

Amigos não são amiguinhos

Ideias

2018-07-02 às 06h00

Paulo Monteiro

O tema migrações está na ordem do dia e o nome de Portugal também. As notícias podiam ser excelentes, mas acabam, mesmo assim, por ser boas. No entanto, uma é excelente: a eleição de António Vitorino para director-geral da Organização Internacional das Migrações, estrutura multilateral da Organização das Nações Unidas, depois de ter deixado pelo caminho o candidato norte-americano Ken Isaacs e a candidata costa-riquenha, Laura Thompson. A outra boa notícia que também podia ter sido excelente, diz respeito ao facto dos líderes da União Europeia terem chegado finalmente a acordo para a criação de centros de selecção que vão determinar o estatuto a atribuir aos migrantes que chegam?à Europa. Estes centros vão ter como finalidade seleccionar os refugiados e os migrantes económicos que podem ficar na União Europeia daqueles que podem ser repatriados para os países de origem. Depois de tantas controvérsias, e de tanta falta de solidariedade, chegou-se a um acordo que, apesar de não ser o melhor, já é um bom caminho para se tentar resolver um dos maiores problemas que abraça actualmente a União Europeia. Recorde-se que, por exemplo, tem existido uma falta de solidariedade grande com os países do Sul banhados pelo mar Mediterrâneo, em relação aos países do Norte. Razão pela qual o novo governo italiano vedou o acesso a navios de migrantes (mal porque desrespeitou a lei internacinal, mas um gesto para chamar a atenção a outros países europeus). É que, por exemplo, só até Junho, a Itália recebeu 13.706 migrantes, a Grécia 12.065 e a Espanha 11.308. E quando estes países pedem apoio de parceiros europeus, os outros ‘sacodem a água do capote’. O que não devia ser numa União que se quer junta a resolver o problema que é de todos. Por isso é que é União.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.