Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +

Monserrate ao Vivo

COVID… e agora?

Voz às Escolas

2016-03-30 às 06h00

Manuel Vitorino Manuel Vitorino

Na vida do Agrupamento de Escolas de Monserrate quero destacar duas iniciativas recentes: ‘A ESM ao Vivo’ e o sarau de dança da Escola Básica de Monserrate.
Entre 15 e 17 de Março, a “ESM ao Vivo” abriu as portas da Escola Secundária de Monserrate aos alunos de outras escolas da região. Esta iniciativa pretende dar a conhecer aos alunos do 9.º ano, a nossa oferta formativa, vasta e diversificada, para que livre e informadamente, escolham a área de estudos que pretendem seguir no ensino secundário.

Com a criação dos mega-agrupamentos e o discurso legitimador da integração vertical e da sequencialidade de estudos, há escolas que impedem os seus alunos de conhecer a realidade dos outros agrupamentos. Na prática, é a afirmação de um estado de negação, como se não os deixando conhecer outras escolas, os conseguissem reter.

Percebe-se a lógica de querer ficar com os (melhores) alunos. Importa que os decisores definam a rede escolar e formativa a partir de outras lógicas: a existência de recursos humanos, instalações e equipamentos, dinâmicas demográficas, fluxos de população activa, redes de transportes. A escala de análise já não pode ser apenas o local/concelho. O tempo de ter tudo em todo o lado já lá vai.

Pela nossa parte, seguindo a matriz identitária com 127 anos de história, acolhemos todos, respondendo à procura dos alunos, das suas famílias e do tecido sócio-económico da região. A oferta é vasta: 4 cursos científico-humanísticos e mais 11 cursos profissionais e dois cursos vocacionais. Acresce ainda a oferta no âmbito da educação de adultos. Mais oferta significa que há mais possibilidades de cada aluno seguir a área vocacional da sua preferência, o que traduzir-se-á em melhores resultados escolares e sociais.

***

No âmbito do Projeto de Empreendedorismo a desenvolver com as turmas do 3.º Ano, A e B, realizou-se no passado dia 18 de Março, um Sarau de Dança, com o objetivo de angariar fundos para requalificar o recreio da Escola Básica de Monserrate.
O espectáculo, que decorreu no Auditório Lima de Carvalho (Serviços centrais do Instituto Politécnico de Viana do Castelo), foi um momento de verdadeira alegria, com a participação efetiva de todos os alunos desta escola, professores, pais e encarregados de educação.

Com a casa cheia, ficou a vontade da comunidade educativa, amigos e colaboradores do projeto de repetir o evento, pelo grau de qualidade dos números apresentados.
Mais importante de tudo, este projeto está a contribuir para cimentar as relações entre os membros da comunidade educativa, comprometendo-os também a outros níveis, nomeadamente, ao nível da participação dos pais na vida escolar dos seus filhos.

Deixa o teu comentário

Últimas Voz às Escolas

04 Junho 2020

Direito à Educação

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho