Correio do Minho

Braga, sábado

- +

Muito obrigado, JSD!

A Guerra, Metadados e Csr...

Muito obrigado, JSD!

Ideias Políticas

2021-11-16 às 06h00

João Freitas Alcaide João Freitas Alcaide

Esta é, na verdade, a derradeira crónica que escrevo, na qualidade de Presidente da JSD Braga, neste espaço de opinião do Correio do Minho – e, a este propósito, não posso deixar de agradecer e saudar o Correio do Minho, designadamente o seu Diretor, Paulo Monteiro, por dar espaço e voz às juventudes partidárias, possibilitando que as várias estruturas, aqui e quinzenalmente, expressem e formulem opinião –. Efetivamente, daqui a quinze dias, o artigo será já assinado pela(o) próxima(o) Presidente da JSD Braga, considerando que sexta-feira, dia 19 de novembro, se realizam as eleições para os órgãos concelhios da estrutura.
Na realidade, participei pela primeira vez numa reunião da JSD Braga – numa das habituais reuniões abertas à sexta-feira à noite – nos finais do ano de 2007. Confesso que as disciplinas de História e Filosofia, o excelente ‘espicaçar’ de alguns professores e um Torneio de Retórica organizado na Escola Secundária de Maximinos, ‘aguçaram’ a minha motivação e uma maior vontade de me interessar mais por problemáticas e assuntos referentes a todos, de saber e debater mais e de me envolver e participar mais. Perante isto e aconselhado pela minha mãe, o percurso até à porta da JSD – a maior e melhor juventude partidária do País – acabou por ser fácil e imediato. E, com efeito, nestes catorze anos de participação, tive o privilégio e a felicidade de fazer diversas ‘coisas’ na JSD: De liderar a JSD Braga – uma das maiores, mais ativas e reconhecidas concelhias no contexto nacional – nos últimos quatro anos; de ter exercido, anteriormente e pelo período de dois mandatos, as funções de Vice-Presidente da Concelhia; de ter sido Vice-Presidente da JSD Distrital de Braga; e de ter integrado a Comissão Política Nacional da JSD, à data presidida, extraordinariamente, pela Margarida Balseiro Lopes.
E, de facto, este meu testemunho pessoal coloca-se a respeito disto: Sendo esta a última crónica que assino neste espaço de opinião, quero deixar a mensagem, de forma clara e notória, de que é absolutamente fundamental ‘espicaçar’ a participação cívica, associativa, política e partidária dos mais jovens. Infelizmente, por vezes, ouve-se e lê-se um certo desincentivo a estes modos de participação, nomeadamente no que respeita à participação político-partidária – ouve e lê-se: ‘Os políticos são todos iguais’; ‘Ao ires, vais tornar-te num deles’; ou ‘Não vás, porque não vais conseguir mudar nada’ –. Não tenho dúvidas nenhumas de que este desencorajamento à participação da juventude é profundamente perigoso. Estou certo de que os problemas e as dificuldades existentes na política, no País e no próprio sistema democrático se resolvem e se vencem sempre com mais participação. E nunca com menos participação. Participar é preocupar-se e envolver-se; é crescer pessoalmente e com os outros; é mudar e desenvolver a comunidade ao redor. Mais participação é, necessariamente, melhor futuro.
A terminar, não posso deixar de dizer, de forma explícita, um ‘Muito obrigado!’ especial: A todos os que fizeram parte das ‘minhas’ equipas da JSD Braga nos últimos quatro anos, o meu muito obrigado pelo companheirismo, a confiança, o compromisso e a paciência; Aos meus antecessores, João Rodrigues e João Marques, a minha gratidão pela amizade, os conselhos e o exemplo; Ao João Granja e ao Hugo Soares, duas enormíssimas referências para mim, o meu reconhecimento por tudo. À Daniela, aos meus pais e irmãos, o meu muito obrigado por serem tudo. Como Isaac Newton: ‘Se eu vi mais longe, foi por estar sobre ombros de gigantes.’
Muito obrigado, JSD. Até sempre!

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias Políticas

17 Maio 2022

Direitos, no feminino

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho