Correio do Minho

Braga,

- +

Natal exemplar

Cartas de saudade

Ideias

2011-12-28 às 06h00

Pedro Machado Pedro Machado

Este Natal, congratulo-me pelo facto dos centros urbanos de Braga, Vila Verde e Póvoa de Lanhoso, os concelhos mais populosos da área da Braval, não terem sido inundados de resíduos nas ruas e fora dos ecopontos.

Há quem diga que é por causa da crise, que se comprou menos e, portanto, haveria menos lixo a colocar nas ruas. Como optimista que sou quero acreditar que esta diminuição de resíduos fora do ecoponto se deve ao esforço de sensibilização que a Braval tem vindo a desenvolver, ao longo dos últimos anos, bem como à excelente intervenção das equipas de recolha de ecopontos que, em pouco tempo, recolhem o maior número de ecopontos possível, batendo, mais uma vez, todos os recordes de recolha.

No ano passado, entre os dias 23 e 26 de Dezembro, recolheram-se 75 toneladas de papel e embalagens, este ano, no mesmo período, foram recolhidas 90 toneladas de papel e cartão! Só no dia 26 foram recolhidas 20 toneladas! Mais uma vez, o meu optimismo, bem como estes números me levam a dizer que a diminuição de resíduos nas ruas não se deve à crise mas à maior sensibilização ambiental da população!

Temos vindo a apelar, mais do que tudo, à separação dos resíduos produzidos. Existem, com certeza, em quase todas as casas, muitos papéis de embrulho e cartão de embalagens das prendas e brinquedos, garrafas de bebidas, quer de vidro, quer de plástico, latas de conservas, entre muitas outras embalagens que podem e devem ser coloca-das no ecoponto.

Aquando da separação, deve-se verificar se há embalagens que se poderão guardar para reutilizar no futuro: papéis e fitas de embrulho, caixas de cartão poderão ser utilizadas para guardar objectos de forma mais organizada, frascos poderão ser aproveitados para guardar algumas sobras das iguarias natalícias. A reutilização destes materiais provoca uma diminuição das quantidades de resíduos colocadas na rua durante a época festiva.

Para além destes apelos, a Braval faz o esforço de ter na rua várias equipas para a recolha dos ecopontos quer antes do Natal, para que possam estar disponíveis para receber os resíduos antes da festa, quer após o Natal.

Apesar disso também se apela ao bom senso da população de modo a não colocar logo todos os resíduos na rua, se o ecoponto se encontrar cheio. Poderão guardá-los em casa, mais algum tempo até que a recolha seja efectuada. Muitas vezes guardam-se os presentes semanas a fio, em casa, à espera do dia de Natal, será que não se pode também guardar os embrulhos mais alguns dias, até que a recolha esteja normalizada?

Também podem aproveitar a campanha que a Braval desenvolve, nesta altura, “Este Natal os embrulhos também são prendas!” que tem vindo a ter uma excelente adesão por parte da população.
Embrulhos, caixas de brinquedos, garrafas e sacos, tudo serve para reciclar e serviu para levar para casa um kit ecoponto constituído por um saco-ecoponto, saco de compras reutilizável, bloco de notas, guia de reciclagem e Agenda 2012.

As ruas da cidade também são a sua casa, procure mantê-las limpas nesta época festiva, oferecendo, assim, um presente ao Ambiente.
Lembre-se de respeitar estes conselhos nas Festas de Fim de Ano e tenha, um Bom Ano de 2012!

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

17 Fevereiro 2020

Super, super SC Braga

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.