Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +

Notre-Dame e as doze igrejas profanadas em França

Transparência na gestão da coisa pública

Notre-Dame e as doze igrejas profanadas em França

Ideias

2019-04-17 às 06h00

Paulo Monteiro Paulo Monteiro


Ao ver, na segunda-feira, as imagens do incêndio na catedral de Notre-Dame, em Paris, fiquei pensativo... Pouco tempo antes discutia uma notícia que praticamente não surgiu em nenhuma imprensa e que dava conta que, só numa semana, 12 igrejas francesas foram saqueadas, profanadas e alvo de actos de vandalismo. Ontem dei-me ao cuidado de ir à procura da veracidade da notícia e, de facto, ela lá estava estampada numa busca rápida do diário espanhol ‘ABC’, actualizada às 21.24 horas e com o título ‘Profanan una docena de iglesias em Francia em la última semana’. Claro que somei, um por um, todos os acontecimentos e pensei mesmo: terá sido fogo posto? Terá sido algum maluco de uma qualquer extrema partidária ou nacionalista agido num acto hediondo para recordar estadistas tristes? Sim... eu aqui lembrei-me de Adolf Hitler e do que ele queria que era ver Paris a arder (incendiar os principais centros turísticos da ‘Cidade luz’, como a Torre Eiffel, Notre-Dame, etc). Era a sua última tentativa de fazer ainda mais mal uma vez que tinha a guerra praticamente perdida. Valeu Dietrich von Choltitz, o general alemão a quem foi dada a ordem, que não obedeceu ao chanceler. Ainda bem. Agora... juntar todos os ‘puzzles’, todas as notícias que não aparecem, deixam- -nos a pensar... O fogo na catedral de Notre-Dame foi declarado extinto ao princípio da manhã de ontem. As primeiras notas dão conta de que, na origem do incêndio, poderá ter estado um acidente... esperemos. Entretanto, todo o mundo se junta para apoiar a reconstrução daquele “majestoso e sublime edifício” como um dia escreveu Victor Hugo. A Notre-Dame não é de Paris... é da Europa!
Nota: já sem espaço, amanhã falarei das 12 igrejas.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho