Correio do Minho

Braga,

- +

O Tabu da Frei

A honra de servir...

O Tabu da Frei

Voz às Escolas

2021-09-22 às 06h00

Paulo Antunes Paulo Antunes

Osentido figurado de tabu, refere-se ao que não é discutido ou mencionado por pudor ou educação e no contexto do AE Maximinos, às obras da EB2/3 Frei Caetano Brandão.
Os atores políticos locais, dos diversos quadrantes, têm manifestado recentemente os seus intentos quanto à nossa estimada Frei (património educativo e seu impacto social) e qual a sua futura missão na Carta Educativa de Braga. Todavia, do famigerado projeto de requalificação e respetiva integração numa qualquer medida de financiamento (nacional / europeia), nenhum sinal de vida.
Nos últimos 3 meses, a EB2/3 Frei Caetano Brandão foi visitada por três tipos de movimentos políticos:
- Os que têm poder e podem resolver o problema no contexto local e/ou nacional;
- Os que não têm poder para resolver no contexto local e/ou nacional, mas não deixam o assunto ficar esquecido, conduzindo à Casa da Democracia o nosso problema;
- Os que vêm para dar uma palmadinha nas costas e em algumas situações, felizmente raras, passar uma imagem negativa na imprensa local, caracterizando a nossa Frei como uma escola similar a qualquer outra escola das Balcãs, no pós-guerra civil. Não havia necessidade…
Já todos percebemos que a intervenção de monta na ES Maximinos, tencionava de forma velada a migração forçada da Frei para um só espaço. Todavia, o crescimento demográfico das freguesias circundantes e dinamismo de uma nova gestão, resiliente e audaz, veio provocar o aumento do número de alunos / turmas, justificando ainda mais a urgência da requalificação, que ficará de certeza mais poupada do que as obras faraónicas previstas para uma suposta segunda fase na ES Maximinos, da qual ainda desconhecemos o projeto e prazo de início. Atualmente, 620 crianças frequentam as nossas escolas na Educação Pré-Escolar e 1º Ciclo, demonstrando que a Frei é bem necessária para o prosseguimento de estudos.
Como não somos um país rico, a solução passa na ES Maximinos pela requalificação do bloco R14 (bar dos alunos e ginásio) e portaria. Todavia, urge direcionar para a EB2/3 Frei Caetano Brandão todo o investimento necessário, incluindo o imprescindível auditório, sem candeeiros de luxo e outros exageros de outrora, espalhados pelo nosso burgo. Para reforçar esta proposta, a Assembleia da República recomendou recentemente ao Governo que:
1. Cumpra a Resolução nº 264/2018 e a Resolução n. º 48/2019 e inclua a Escola Básica 2/3 Frei Caetano Brandão na lista nacional de escola prioritárias a reabilitar e modernizar, ao abrigo do Decreto-Lei nº 21/2019, de 30 de janeiro, de modo a criar as condições indispensáveis à concretização do direito à educação e equidade e a garantir dignidade a toda a comunidade escolar.
2. Partilhe com a escola, e demais comunidade educativa, os termos e calendário da intervenção referida no ponto anterior.
A proposta foi aprovada por maioria com os votos a favor dos Deputados do PSD, do BE, do PCP e do CDS-PP e a abstenção do PS, registando-se a ausência dos Deputados do PAN, do PEV e do IL.
Lembramos aos movimentos partidários que nos visitaram, que após o dia 26 de setembro, continuaremos em funcionamento, na esperança da vossa presença assídua.

“Escola é... o lugar que se faz amigos. Não se trata só de prédios, salas, quadros, Programas, horários, conceitos... Escola é sobretudo, gente, Gente que trabalha, que estuda, Que alegra, se conhece, se estima. O Diretor é gente, O coordenador é gente, O professor é gente, O aluno é gente, Cada funcionário é gente… É por aqui que podemos começar a melhorar o mundo.”
Paulo Freire

Deixa o teu comentário

Últimas Voz às Escolas

18 Outubro 2021

Mentores

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho