Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +

O YouTube vai acabar?

Uh Uh, os meus óculos de Sol- Novas regras balneares durante a pandemia

O YouTube vai acabar?

Ideias

2019-04-08 às 06h00

Paulo Monteiro Paulo Monteiro

O YouTube vai acabar? Claro que não. Trata-se de mais uma mentira e que vem na nova versão das ‘Bolas de Bruxelas’ que tem como objectivo acabar com muitos mitos que dizem sobre a União Europeia...
A desinformação que tem circulado na internet afirma que a reforma da legislação europeia em matéria de direitos de autor poria termo à actual forma como o YouTube funciona. Tal não é verdade e a Comissão Europeia explica: os youtubers e utilizadores das plataformas ‘online’ continuarão a fazer o que fazem actualmente e continuarão a ter a mesma plataforma para conteúdos criativos. Contudo, há algo que muda: os criadores e os autores beneficiarão de uma protecção muito maior contra as violações dos direitos de autor.

Actualmente, as quatro maiores plataformas, incluindo o YouTube, têm um total de dois mil milhões de utilizadores com acesso a centenas de horas de vídeo e música carregados em cada minuto. A Comissão Europeia promove e protege a criatividade e o engenho das pessoas que criam vídeos, publicam música na internet, publicam blogues e criam outras tipos de conteúdos. Mas também trabalha mais afincadamente para proteger os direitos desses criadores e garantir que lhes é pago o que lhes é devido. Actualmente, a maior parte do valor acrescentado continua a pertencer às plataformas. Temos de colmatar esta diferença de valor e assegurar uma melhor remuneração para os criadores. A Comissão Europeia quer reforçar a influência e a posição dos autores e artistas, nomeadamente youtubers, e dar-lhes uma voz mais forte. Os artistas, intérpretes e criadores devem receber uma remuneração justa pela sua criatividade e trabalho árduo que partilham ‘online’.
Como se vê o YouTube não vai acabar... Mais um mito desfeito!

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

02 Junho 2020

O PS e as presidenciais

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho