Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +

Obrigada a todos os profissionais da ESMS

Novo ano, “ano novo”!

Obrigada a todos os profissionais da ESMS

Voz às Escolas

2020-06-12 às 06h00

Ana Maria Silva Ana Maria Silva

O ano letivo estaria a terminar se de um ano normal se tratasse. Mas, no espaço de dois meses, a ESMS (à semelhança de tantas outras escolas no país e no mundo) viu-se confrontada com uma necessidade de implementar mudanças sem precedentes. Com responsabilidade, dedicação, sentido de dever cívico, serenidade e muito otimismo, os profissionais da ESMS não deixaram que a nobre missão de ensinar ficasse refém da pandemia. Professores, assistentes, alunos e pais, em conjunto, criaram novas formas de estar para fazer frente ao desafio e garantir condições de trabalho para todos. Pessoal docente e pessoal não docente são os profissionais que sustentam os pilares da Escola, e só de forma coletiva era possível vencer. A responsabilidade que anualmente renovamos com os alunos que nos procuram, com as suas famílias e com todos os profissionais que aqui trabalham, leva-nos a aspirar fazer sempre mais e melhor. E foi isso que fizemos. Criámos novos contextos para trabalhar com os nossos alunos e com cada um de nós.

Quando, no início do ano, dizia que “os melhores professores ensinam a partir do coração, não a partir dos livros” (autor desconhecido), estava longe de imaginar quão verdade esta afirmação viria a revelar-se. É com forte convicção que afirmo que são esses os professores da ESMS. No contexto atual, o desafio colocado aos professores, e a todos em geral, fez emergir o profissionalismo que nos caracteriza e levou-nos a encontrar respostas para situações para as quais não estávamos preparados. Houve ruturas com práticas instaladas e foram encontradas respostas inovadoras.

O mesmo é verdade com o pessoal não docente. Assistentes operacionais e assistentes técnicos envolveram-se nas mudanças com o profissionalismo que os caracteriza. Também eles responderam de forma firme ao desafio. A tranquilidade com que que enfrentaram as situações, ajudaram-nos a tomar as melhores decisões continuando, assim, a trabalhar para garantir a segurança e o apoio a todos.
A geração dos nossos alunos nasceu e cresceu num contexto global. Eles cresceram com a Internet no bolso. Contudo, agora mais do que nunca, eles precisam de professores que os acompanhem no processo de utilização dos meios tecnológicos que têm ao seu dispor. O ensino mais personalizado, com foco na autonomia e no processo de aprendizagem foi uma das características deste tempo de pandemia e mostrou que os alunos precisam de bons tutores que os ajudem a usar o saber, o talento, as tecnologias, tudo o que dispomos, para realizar boas aprendizagens. Os professores mostraram ser esses tutores neste mundo de competências digitais.

Mas a escola não pode ser só o digital. A escola é socialização, colegas, professores. A escola é, por excelência, o local privilegiado para a construção do conhecimento. É o local de crescimento onde nos transformamos em cidadãos capazes de mudar o mundo. Até ao dia 13 de março, a ESMS proporcionou inúmeras oportunidades aos seus alunos para se transformarem nesses cidadãos capazes de mudar o mundo.
Foram criadas oportunidades para desenvolverem o conhecimento científico, o gosto pelas artes, o envolvimento social com atividades de voluntariado. O Plano Nacional de Cinema, Apps For Good, Re-Food, Banco Alimentar Contra a Fome, Programa Erasmus+ foram algumas das iniciativas que mobilizaram alunos e professores para aprender a fazer a diferença na escola. O Conselho Eco-Escolas, enquanto espaço de decisão, mostra que os seus membros estão a ser capazes de participar ativa e responsavelmente na vida da escola. E, quase a terminar o ano letivo, no dia 18 de junho, vamos realizar a III Mostra de Projetos, em modo virtual, com os trabalhos dos alunos dos cursos profissionais e, no dia 25, uma exposição virtual com os projetos de cidadania e desenvolvimento.

E, mais uma vez, a ESMS ajudou os seus alunos a desenvolver habilidades e a pensar em soluções criativas para os problemas do momento atual e do futuro. A todos, pessoal docente e não docente, alunos e pais, MUITO OBRIGADA. Só em conjunto é possível continuar a trabalhar para sermos “mais amanhã do que aquilo que somos hoje”!

Deixa o teu comentário

Últimas Voz às Escolas

24 Setembro 2020

Dois pesos e duas medidas

23 Setembro 2020

“As bolhas” de Cidadania

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho