Correio do Minho

Braga,

- +

Penúrias

Banco de Portugal lança dois serviços para tornar os pagamentos mais seguros e convenientes

Penúrias

Ideias

2022-06-03 às 06h00

José Manuel Cruz José Manuel Cruz

Baguete & Croissã é um fio de crónicas sobre a realidade política e social de França, no que passa por um esboço, mais do que por um desenho em profundidade. Pesadas as distâncias, anima-me a ideia que falando dos outros, falamos de nós, por outras palavras, com outros alertas.
Por conveniência serro as coisas a meio: haverá os bons e os maus, os abastados e os carentes, os sortudos e os azarados… A lista continua, mas, no que interessa, diria que os portugueses facilmente se posicionam desconfortavelmente do lado da sombra, dado que o país é pobre, etc. etc.
Ora, na França destes dias, corre notícia que cento e vinte urgências hospitalares anunciam restrições de atendimento por carências de pessoal. Há penúria de enfermeiros, há penúria de médicos, inúmeros são os serviços no limiar da rotura.
Ademais, faltarão professores, policiais e, no geral, pessoas interessadas no funcionalismo público que cumpram os requisitos mínimos. Parece, também, que as vagas na hotelaria ultrapassam os candidatos. Em suma, há algo de caótico no ar e nós, de onde quer que olhemos, só podemos perguntar-nos cumo se chega aqui, como é que daqui se sai.
Os incidentes na envolvência do Stade de France são reveladores das incongruências do discurso oficial e das práticas governativas. Parece claríssima a falta de previsão, a falta de organização. Escandalosamente, o Ministro do Interior descasca nos adeptos do clube inglês, recordando um hooliganismo histórico que nada tem a ver com o que aconteceu, aflorando os atrasos e obstruções no processamento das entradas com uma falsificação massiva dos bilhetes.
Explicações espúrias, e tudo porque não cai bem reconhecer a progressão da marginalidade, o crescendo da insegurança, de uma sensação generalizada de impunidade, porque entendam os arruaceiros que a Justiça tardará, ou que de qualquer forma valha a pena arriscar.
Alguém se pergunta se em França não haverá uma penúria de políticos de calibre. Mas vão ganhando os mesmos, e é esta paralisia que me sidera.

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

21 Julho 2024

Derrota à francesa

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho