Correio do Minho

Braga, sábado

- +

Percursos com futuro

Bernardo Reis: um nome para a história de Braga

Percursos com futuro

Voz às Escolas

2024-02-19 às 06h00

Hortense Lopes dos Santos Hortense Lopes dos Santos

O Projeto Educativo do Agrupamento de Escolas Carlos Amarante (AECA) mantém o propósito de disponibilizar aos seus alunos ‘Percursos com futuro’.
Com vista a cumprir esta finalidade, o nosso Projeto Educativo alicerça-se numa ação concertada e orientada para a integração das mudanças educativas e para as necessidades de uma sociedade digital, global e intercultural, em que a Escola se concebe como um espaço de conhecimento, de arte, de cidadania e de bem-estar para toda a comunidade educativa, em linha com a Vida e Valor de cada ser humano. Entrelaça a diversidade da oferta educativa, desde a educação pré-escolar à educação de adultos, de um território geográfico alargado e disperso, que espelha uma heterogeneidade social, económica e cultural. Reflete uma ideia coletiva, que resultou de uma discussão alargada e plural e da colaboração dos diversos órgãos da comunidade educativa.
O Agrupamento de Escolas Carlos Amarante tem como missão proporcionar uma educação de qualidade de base humanista. Para cumprir esta missão assume-se como espaço de inclusão e de equidade, fomentando a igualdade de oportunidades e de participação, o bem-estar e a formação integral dos seus alunos e promovendo os valores de uma cidadania ativa e plena.

Consciente do seu papel no desenvolvimento presente e futuro da comunidade em que se insere, o Agrupamento de Escolas Carlos Amarante orienta-se por princípios e valores alinhados com os Direitos Humanos e de respeito pela Natureza. Movido pelos princípios e valores éticos da ação humana, ambiciona o desenvolvimento do profissionalismo e da autonomia responsável e criativa, fundamentais para a emergência de atores cidadãos do Mundo.
No Agrupamento de Escolas Carlos Amarante propomos desenvolver percursos formativos e educativos que assegurem, a todos e a cada um, os conhecimentos, as capacidades e as atitudes necessárias à construção do seu projeto de vida. Neste sentido, queremos consolidar o Agrupamento como uma instituição pública de referência pela qualidade do ensino/aprendizagem, pela formação ministrada e pelas experiências de educação não formal que oferece.
Assim, definimos como eixos de atuação os que a seguir elencamos:

Eixo 1. Escola como espaço de conhecimento e arte
a. promotora de uma educação integral
b. promotora do sucesso académico
c. promotora de uma avaliação (como forma de) para a aprendizagem
d. capacitadora dos diferentes atores educativos
e. criadora de uma cultura académica de partilha e colaboração de conhecimento
f. promotora da articulação curricular

Eixo 2. Escola como espaço de cidadania
a. promotora dos valores de uma educação inclusiva e equitativa
b. promotora dos valores da cidadania
c. promotora do bem-estar social, físico e emocional de toda a comunidade escolar
d. promotora da educação ao longo da vida
e. criadora de condições de participação democrática para toda a comunidade educativa
Eixo 3. Escola como espaço da comunidade educativa
a. promotora de parcerias
b. facilitadora de mecanismos de comunicação interna e externa
c. propiciadora de momentos de partilha de conhecimentos e de experiências

Todos estes eixos estratégicos de intervenção serão contemplados no processo de autoavaliação do agrupamento.
A Escola como espaço de conhecimento e arte espelha uma visão multifacetada e recetiva às diferentes interpretações do mundo, com espaço para o desenvolvimento de capacidades e competências humanísticas, científicas e artísticas.
A intercomunicação de saberes prevê não apenas uma avaliação que potencie a aprendizagem e a formação específica e geral para todos os atores educativos, mas também uma articulação curricular através de projetos de natureza transversal e interdisciplinar.

A Escola como espaço de cidadania capaz de motivar no presente abrindo horizontes futuros, em que o reconhecimento da singularidade de cada um proporcione os meios de construção de projetos de vida a que cada ser humano tem direito. O desenvolvimento de um clima escolar de sã convivência, que propicie cenários que deem voz aos diversos atores, sustenta / alicerça práticas de cidadania ativa centrada na estratégia de educação para a cidadania da escola.

A Escola como espaço da comunidade educativa orienta a sua acção para uma cooperação multifacetada com instituições nacionais e internacionais, uma cultura de mostras, exposições e oficinas. Neste âmbito, a escola fomenta a articulação com os organismos de administração e gestão, com os departamentos de coordenação educativa e com os diferentes serviços da organização.
Contamos com toda a comunidade AECA para nos ajudar a criar percursos com futuro e a executar cabalmente o projeto educativo que tanto nos orgulha.

Deixa o teu comentário

Últimas Voz às Escolas

11 Abril 2024

Ler para crescer...

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho