Correio do Minho

Braga, quinta-feira

Populismos: hoje é um dia negro...

Saúde escolar: parceiro imprescindível das escolas de hoje

Ideias

2018-01-30 às 06h00

Paulo Monteiro

Faz hoje 85 anos que o presidente da Alemanha, Paul Hindenbourg, nomeou Adolf Hitler como Chanceler alemão. Foi o princípio do holocausto de um dos maiores genocídios da história da Europa. A república de Weimar - designação histórica da Alemanha no pós I Guerra Mundial - vivia uma época de profunda crise, com instabilidades governativas ao longo de 14 anos, com 21 governos nomeados, com várias tentativas de golpes de estado e por aí fora... Em Junho de 1932, o número de desempregados era de 5,6 milhões. A revolta da população era grande e os extremismos viviam um grande crescimento. No início da década de 30, os nazis (direita) e os comunistas (esquerda) eram os dois grandes partidos e chegaram mesmo a travar batalhas.

O espectro de uma guerra civil esteve à porta... Em 1932, realizam-se, por duas vezes, eleições mas não há maioria para governar. O Partido Nazista é eleito o maior partido com 230 deputados, sendo o Partido Comunista o segundo partido mais votado. Os dois ocupam mais de metade do Reichstag (Parlamento), mas não conseguem maioria. Hitler faz coligação com o Partido Popular Nacional Alemão, mas sem êxito. Até que, a 30 de Janeiro de 1933, Hitler consegue o cargo de Chanceler e forma governo com controle absoluto da polícia alemã. Este foi o dia da ‘Tomada do Poder’. Mas não nos podemos esquecer que a nomeação de Hitler aconteceu de forma constitucional e que saiu de eleições realizadas democraticamente. O descontentamento da população era enorme e o populismo de Hitler cresceu de forma avassaladora. A partir deste dia o sonho tornou-se pesadelo. Por isso, devemos estudar bem a lição: extremismos e populismos nunca mais... A história já nos deu a resposta de que dão sempre para o torto. O contrário está estampado na União da Europa... com mais de 60 anos de paz!

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.