Correio do Minho

Braga,

- +

Porto de abrigo

Onde está o meu peixe

Porto de abrigo

Voz às Escolas

2021-02-03 às 06h00

Manuel Vitorino Manuel Vitorino

Vivemos tempos tempestuosos. A escola volta a ser chamada a mitigar os efeitos devastadores, deferidos no tempo, das ondas pandémicas. É uma reação em cadeia: confinamento social, encerramento de atividades económicas, desemprego ou lay-off dos mais precários, dificuldades nas famílias.
Com as atividades letivas suspensas, é preciso assegurar refeições aos alunos cujas famílias precisam deste apoio. E logo chega outro pedido, e mais outro, com sinalização para as entidades, particularmente para a Câmara Municipal, pois é todo o agregado familiar que precisa de ajuda.
Garantimos o acolhimento das crianças de pais que integram profissões essenciais. Preparamos o regresso das atividades letivas à distância.
Reavaliamos necessidades, emprestamos computadores, mobilizamos recursos para dar respostas consentâneas com as realidades dos nossos alunos. Asseguramos ensino presencial para aqueles que estão identificados como sendo ineficaz mantê-los num regime não presencial. Procuramos manter a coesão na frente desta batalha, numa guerra imprevisível, como todas.
Na gramática e no léxico dos opinadores mediáticos, o mundo é todo ao contrário. Tudo é previsível, tudo é controlável. É uma consola de jogos programável. Na escola não.
A flagelação é sempre inopinada. O golpe de mão surge do nada. A emboscada é garantida. Nem precisamos do fogo amigo da nossa artilharia.
Perdoem-me a terminologia militar, mas estamos em guerra, e é aqui, que há um porto de abrigo para milhares de crianças e de jovens, graças aos profissionais da educação.
A tempestade há-de passar!

Deixa o teu comentário

Últimas Voz às Escolas

28 Junho 2021

Renascer

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho