Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +

Programa de Classificação e Valorização das “Lojas Históricas de Braga”

Criado... não aceita mau destino

Escreve quem sabe

2016-09-23 às 06h00

Rui Marques Rui Marques

Num mundo cada vez mais global e competitivo, a cidade de Braga tem de se afirmar pela diferença, ou seja, por aquilo que a torna especial e atrativa.
O Comércio de Braga é e deve continuar a ser um dos pilares do desenvolvimento económico, social e cultural da nossa cidade, dado que possui atributos distintivos que devemos preservar, salvaguardar e potenciar em favor da atração de públicos e de investimento.
Um dos eixos estratégicos de atuação do Município e das entidades da envolvente empresarial é a afirmação de Braga como destino de compras, lazer e investimento. Neste sentido, importa fomentar uma cultura de valorização e dignificação dos fatores identitários e diferenciadores associados ao comércio.
Nas últimas décadas, a Associação Comercial e o Município de Braga, em estreita cooperação, têm vindo a promover diversas iniciativas de valorização da oferta comercial da cidade, designadamente através da promoção de projetos de urbanismo comercial, que incluíram a atribuição de subsídios a fundo perdido para o investimento na requalificação num conjunto alargado de estabelecimentos comerciais, bem como para a requalificação do espaço publico (pedonalização de ruas, instalação de jardins infantis e mobiliário urbano); ou, mais recentemente, a concretização de um programa anual de ações coletivas de promoção comercial e animação de rua.
Considerando que o Comércio de Braga desempenha um papel muito relevante na vida económica, social e cultural da cidade e que as suas memórias deixaram marcas indeléveis na história de Braga, a Associação Comercial de Braga apresentou, recentemente, ao Município de Braga a proposta de lançamento de um Programa de Classificação e Valorização das “Lojas Históricas de Braga”.
Esta proposta de intervenção surge na sequência da aprovação na Assembleia República de um projeto de resolução sobre a classificação e valorização das lojas históricas, bem como de uma iniciativa similar que está a ser desenvolvida em Lisboa.
Numa primeira fase, o programa proposto pela ACB contempla a atribuição de distinção e selo de qualidade “Loja Histórica de Braga”, em conformidade com os critérios que vierem a ser definidos, bem como a criação de um conjunto de serviços de suporte técnico às lojas distinguidas, ao nível da requalificação, promoção e dinamização dos estabelecimentos comerciais e dos respetivos negócios, que incluirá, por exemplo, a prestação de apoio técnico na área do restauro de equipamentos e requalificação dos espaços comerciais; comunicação e marketing; vitrinismo e merchandising; ajustamento da oferta de produtos e serviços; aconselhamento sobre o acesso a sistemas de incentivo; desenvolvimento de iniciativas de índole cultural nas lojas distinguidas; dinamização do Roteiro das “Lojas Históricas de Braga”.
Posteriormente, o grupo de trabalho a constituir deverá apresentar outras propostas, medidas e recursos a incluir no projeto, em fases subsequentes, de forma a tornar ainda mais ambicioso e eficaz este programa de valorização do comércio histórico bracarense.
Com o lançamento deste programa, a ACB entende que se está a dar um passo muito significativo ao nível da salvaguarda e preservação do património associado ao comércio e das suas artes e ofícios. Nesta perspetiva, daremos ainda um forte contributo para a identificação e inventariação de um espólio/património relevantes para um projeto agregador (há muito adiado) de criação em Braga de um Museu do Comércio, porventura formado por um conjunto de pólos integrados num roteiro do Centro Histórico de Braga, a disponibilizar a visitantes e turistas.

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

28 Junho 2020

Verbos traiçoeiros

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho