Correio do Minho

Braga, segunda-feira

"Quem queima livros acaba... destruído"

Sinais de pontuação

Ideias

2018-05-10 às 06h00

Paulo Monteiro

O título de hoje faz parte da história e é bem verdadeiro... A frase completa é "Onde queimarem livros, mais tarde ou mais cedo, o homem também acabará destruído", pertence ao poeta alemão Heinrich Heine e foi destacada pela Lusa como pensamento do dia. E tem a sua razão para ser a escolhida para o dia de hoje já que faz precisamente esta quinta-feira 85 anos que as forças militarizadas do partido nazi de Hitler, as SA, queimaram, em toda a Alemanha, obras dos autores proibidos pelo regime, que vão de JW Goethe a Heinrich Heine, Holderlin, Thomas Mann ou Shakespeare.

Ora Heinrich Heine (1797-1856) não gostou desta atitude das SA e foi sempre contra o regime ditatorial de Hitler. Disse que um dia ia provar do seu próprio veneno... e foi isso que aconteceu mesmo. Heine viu os seus livros serem queimados pelos nazistas, em 1933, na Opernplatz de Berlim, numa gigantesca fogueira de propaganda do regime. Uma outra aconteceu em Munique, e foi usada a Königsplatz (Praça do Rei), no dia 10 de Maio desse mesmo ano. Ao todo foram queimados mais de 20 mil livros, a sua maioria pertencentes às bibliotecas públicas, uma das primeiras ordens de Adolf Hitler quando chegou ao poder.

Também as obras de Thomas Mann, como referi, foram queimadas e proibidas, já ele tinha recebido o Prémio Nobel da Literatura (1929). Mas... também há histórias caricatas: o escritor Oskar Maria Graf ficou ofendido pelo facto dos seus livros não terem sido banidos e até serem recomendados pelos nazis. Em resposta, publicou artigos a pedir para queimarem os seus livros. Foi tanta a sua publicidade que o regime de Hitler acabou mesmo por, mais tarde, queimar os seus livros. Oskar morreu feliz, mas muitas obras desapareceram nas cinzas...

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.