Correio do Minho

Braga,

- +

São Jorge – Patrono Mundial do Escutismo

Preso por ter cão... o Estanislau:

São Jorge – Patrono Mundial do Escutismo

Escreve quem sabe

2019-05-03 às 06h00

Carlos Alberto Pereira Carlos Alberto Pereira

«Como S. Jorge de Antanho, os escuteiros de agora combatem toda a maldade e torpeza»
Baden-Powell, Escutismo para Rapazes, Lisboa 2007, p.31

Esta citação do fundador do escutismo, por si só, seria suficiente para justificar porque foi São Jorge o escolhido para ser o patrono mundial do movimento escutista.
Mas há outras de natureza histórica e cultural que levaram B.-P. a escolher Este santo para ser o patrono do escutismo, uma das quais o facto de São Jorge ser o padroeiro da cavalaria. Não podemos ignorar que o general Baden-Powell serviu na arma de cavalaria, como também não podemos ignorar que este é o santo especial da Inglaterra, de tal forma que, o dia 23 de abril, dia de São Jorge, é também o dia nacional do Reino Unido e claro está que, sendo B.-P. Inglês e oficial de cavalaria não poderia deixar de escolher o seu santo de eleição.
Além disso, a ligação que esta santo tem com os valores da cavalaria, da vida do rei Artur e dos seus cavaleiros da Távola Redonda que o adotaram como padroeiro remontam pois ele encarna, na perfeição todos os valores do Código dos Cavaleiros, na qual B.-P. se inspira para criar a Lei do Escuta.
Além disso a vida de São Jorge, sobretudo na narrativa em que mata o dragão, para que Cleolinda, filha do rei, não fosse transformada em manjar do dragão, permita que B.-P. aproveite esta lenda para criar um cenário de aventuras onde o bem triunfa sobre o mal, que tanto cativa adolescentes e jovens.
Permite, ainda, ao fundador lançar um desafio mobilizador, que sempre se desmultiplica até a um infinito de cenários de aventuras, quando nos diz: «S. Jorge foi o que todo o escuteiro deve ser: Quando encontrava uma dificuldade ou perigo, por maior que parecesse, mesmo que fosse um dragão, não lhe fugia, nem o receava, mas acometia-o com todas as suas forças e as do seu cavalo. Embora mal armado para tal combate, visto ter apenas uma lança, arremeteu com toda a sua alma e conseguiu, finalmente, vencer a dificuldade que ninguém se atrevera a enfrentar.
É mesmo assim que um escuteiro deve encarar as dificuldades ou perigos, por grandes ou terríveis que pareçam, ou por mal equipado que se esteja para a luta.
Deve arrostá-los ousada e confiadamente, empenhando todas as forças para procurar vencê-los, e é muito provável que o consiga.»1
Assim sendo, o escutismo, em todo o mundo, celebra do dia 23 de abril, o dia do seu patrono, com atividades de caráter regional ou nacional envolvendo grandes jogos desafiadores, para a superação de obstáculos, mas também que levem os escuteiros a relembrarem a sua Promessa de Escuta e a revisitarem a vivência da Lei nas suas vidas, procurando ir mais longe e mais além, em áreas predominantemente críticas das nossas comunidades e dos nossos tempos. Designadamente nas áreas social e ambiental, na defesa da tolerância e da construção da paz, como diria o Papa Francisco, na defesa dos mais frágeis e dos mais fragilizados.
São Jorge é, de facto, um magnífico guarda-chuva onde se podem abrigar todas as atividades que visem o desenvolvimento da personalidade, da autoestima, do desafio à superação da performance de ontem, ao desenvolvimento do altruísmo, na descoberta do outro e no desenvolvimento de capacidades de apoio ao próximo é um excelente imaginário para levar o escuteiro a ser ativo fazendo bem e não ser passivo sendo bom, como nos recomenda Baden-Powell no Escutismo para Rapazes (p.288).

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

28 Junho 2020

Verbos traiçoeiros

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho