Correio do Minho

Braga,

- +

SCBraga, a instituição desportiva com maior crescimento no século XXI

Como ativar territórios e criar novos destinos

SCBraga, a instituição desportiva com maior crescimento no século XXI

Ideias Políticas

2021-05-25 às 06h00

Diogo Cunha Diogo Cunha

O Sporting Clube de Braga é muito mais do que futebol e exemplo disso tem sido os resultados em inúmeras modalidades, desde o Taekwondo à Natação (tendo esta semana José Paulo Lopes obtido a qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, na prova 800 metros livres), não esquecendo o Futebol de Praia que que o SCBraga é o atual Campeão da Europa.
Antes de me adensar nesta reflexão, tenho de fazer uma declaração de interesses, dando nota que fui atleta, treinador e dirigente do SCBraga por mais de dez anos.
Em ano de centenário, o Sporting Clube de Braga abraçou, ontem, mais um momento de afirmação desta extraordinária instituição
Em Coimbra e com a vitória na final da Taça de Portugal, trazendo a terceira da história para o museu do clube, o Braga escreveu mais uma bonita página de história, bem demonstrativa da força com que o Clube se apresenta no novo milénio.
Se nos primeiros 92 de história, o Braga havia, apenas, conquistado 1 Taça de Portugal, nos últimos 8 anos, é só no Futebol, venceu 2 Taças de Portugal e 2 Taças da Liga.
O investimento feito neste século, tem tido muitos frutos, desportivos e financeiros, com a formação de inúmeros atletas muito acima da média. Pote, Pedro Neto, Francisco Trincão, foram alguns desses atletas formados nos arsenalistas.
Por outro lado, no Braga, não existem, desde há muito tempo hóquei em patins e andebol. Mas não é por isso que o Braga deve desistir de ter essas modalidades míticas do desporto português.
Em Braga, temos um enorme Clube do andebol Português, o Académico Basket Clube (ABC) presidido pelo Rui Silva, clube que conta com 13 campeonatos nacionais, 1 taça EHF, num total de 33 títulos. Clube que desde há uns anos para cá tem tido enormes dificuldades financeiras, e que tem um Pavilhão Desportivo (o mítico Flávio Sá Leite) a carecer de intervenção urgente.
Desde 1988, o Hóquei Clube de Braga (HCB) , presidido por Luís Botelho, que milita na 1a divisão e que tem como melhor classificação um 5o lugar em 2011.
Falo deste dois clubes, pois recordo-me bem que, em 2005, o Braga Bolacesto Clube, onde era atleta na altura, fundiu-se com o Sporting Clube de Braga. Recordo-me do salto que a secção teve nessa altura, face às condições anteriores.
Entendo a dificuldade, por motivos diferentes, dos sócios do ABC e HCB de encararem esta solução, mas uma parceria não tem necessariamente de ser uma fusão que signifique o desaparecimento quer do ABC, quer do HCB, mas esta é uma solução que pode dar uma nova força ao ABC e ao HCB, numa lógica de cooperar para competir que, acredito, pode afirmar Braga na elite do desporto português.
Sabendo das dificuldades e das reacções epidérmicas que as paixões clubísticas sempre trazem para cima da mesa nestes assuntos, acho que vale reflectirmos colectivamente sobre estas questões.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho