Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Sol, Calor & Saúde

O CODIS fala

Ideias

2016-05-03 às 06h00

Analisa Candeias

Ansiávamos todos pelo sol. Quase desesperadamente, como se fosse esse elemento a salvação para todos os nossos problemas. Bem, pode não ser para todos, porém para alguns é. As casas mantêm-se frias, quase húmidas e é necessário abrir as janelas e as portadas, deixar entrar a luz e o ar para ventilar os espaços onde habitualmente nos encontramos. Até porque a ventilação das casas e o seu aquecimento são artes milenares de procura de bem-estar e conforto - exatamente aquilo que o ser humano anda sempre procura.

Com o sol vêm os cuidados com a pele, que devem ser mantidos ao longo do restante ano, mas que agora devem ser reforçados. A proteção diária com um creme, a não exposição excessiva nas horas de maior calor, o uso do chapéu e a hidratação através da ingestão de líquidos (água, sumos naturais) são cuidados básicos que não devem ser negligenciados. A ingestão de bebidas alcoólicas deve ser realizada de forma bastante, muito, moderada, pois essa ingestão excessiva pode ser responsável por desidratação, desnutrição e excessiva euforia - facilmente confundível com um falso bem-estar que pode levar a pessoa à dependência.

A ingestão de saladas, verduras e fruta é igualmente essencial nesta altura do ano - não é que no restante tempo também não seja, até para reforçar as nossas defesas imunitárias - porém é nesta época que vamos perdendo mais líquidos corporais, através do suor, por exemplo, e igualmente vitaminas e sais minerais, que podem se facilmente repostos com uma nutrição apropriada e rica em verdes, vermelhos e amarelos - alface, agrião, brócolos, espinafres, morangos, framboesas, pêssegos, ameixas, bananas, pêras, … São quase todas as cores que podem ser ingeridas, tanto nas sopas como nas sobremesas, tanto nos meios da manhã como aos lanches.

O sol ajuda-nos a à boa disposição e à vontade, à produção de vitamina D - fundamental para os ossos e músculo, e deste modo importante para as nossas funções motoras e desenvolvimentais - e, quando nos expomos de forma equilibrada e sensata, ajuda-nos igualmente com o sono e com os problemas em dormir. A evidência científica sugere que o nosso humor melhora, que apresentamos maior volição e disponibilidade para o movimento e assim, maior atividade física, que nos possibilita a prevenção de problemas tal como a obesidade, a hipertensão arterial ou a colesterolemia.

Igualmente o convívio aumenta, as tardes nas caminhadas e as manhãs nos jardins, em conversa com algum amigo ou a trocar conhecimento sobre isto ou aquilo - somos forçados a interagir, a chuva e o frio já não são desculpa para o isolamento. Até três lanços de escadas se tornam menos complicados, e a ida ao mercado se torna num agradável passeio. As noites são mais curtas e fáceis de passar, apelam às esplanadas e à “voltinha” pela cidade, explorando o que de bom esta tem para oferecer.

O sol é promotor das relações, da ventilação, da higiene e do conforto. Por isso ventilem, arejem as casas, tomem o ar da manhã e da tarde, passeiem, trabalhem, divirtam-se - assumam as vossas funções e tarefas com uma boa dose de calor e de luz. Coloquem um chapéu, levem uma garrafa de água e vão dar uma volta ao parque mais próximo, ao final da rua, ao quarteirão - mas saiam, desfrutem do sol, que aparece tão pouco tempo durante o ano, mas que vem para ajudar a nos sentirmos melhor, a ser mais saudáveis. O objetivo é a procura do nosso bem-estar e da nossa felicidade. Esse é o bem essencial, e se pudermos aproveitar o sol para isso, porque não?

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

26 Junho 2019

Férias ecológicas

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.