Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +

Tenha um papel ativo na sua saúde

O sofisma

Tenha um papel ativo na sua saúde

Voz à Saúde

2019-02-23 às 06h00

Sílvia Oliveira Sílvia Oliveira

Será que posso ter um papel mais interventivo na minha saúde? Não só pode, como deve! Mas para isso precisa que as pessoas certas - os profissionais de saúde - lhe disponibilizem as ferramentas adequadas para o poder fazer e assim aumentar o seu nível de literacia em saúde.
A literacia em saúde define-se, segundo a Organização Mundial de Saúde, como o conjunto de competências cognitivas e sociais e a capacidade dos indivíduos para ganharem acesso a compreenderem e a usarem informação de formas que promovam e mantenham boa saúde.

Neste sentido, nos últimos anos tem-se vindo a assistir a uma importante mudança na forma como os profissionais de saúde compreendem o papel ativo do doente.
Atualmente evidencia-se que a educação, a literacia e o autocuidado são de grande importância na promoção e proteção da saúde da população. Porém, a maioria da população portuguesa não se sente capaz de questionar os profissionais de saúde quanto aos cuidados que lhes são prestados, segundo dados disponibilizados pela Fundação Calouste Gulbenkian no Relatório de 2014 - Um Futuro para a Saúde. Torna-se assim importante evoluir para um relacionamento mais equitativo entre doentes/cuidadores e profissionais de saúde, sendo para isso necessário preparar os próprios profissionais de saúde.

Em Portugal, têm surgido algumas iniciativas no sentido de promover a literacia em saúde. Já é possível a qualquer cidadão português ter acesso ao Portal SNS (www.sns.gov.pt) que permite, entre outras funcionalidades, aceder a manuais de boas práticas de saúde na “Biblioteca de Literacia em Saúde”.
O Hospital de Braga tem vindo também a fazer o seu caminho neste envolvimento ativo do doente. O primeiro passo foi dado em 2018 com a elaboração do vídeo “Como tornar o seu internamento mais seguro”, exibido aquando do acolhimento do doente no internamento. Este vídeo tem por objetivo envolver o doente internado na sua própria segurança, abordando alguns dos tópicos mais importantes nesta área.

É importante que o doente tenha uma participação ativa durante o seu internamento, nomeadamente, no que diz respeito à utilização de pulseira de identificação, fundamental para a realização do procedimento certo ao doente certo. O doente deve ser incentivado a confirmar se os dados da pulseira de identificação que lhe foi colocada estão corretos, uma vez que garante que todos os exames e procedimentos que realizam são os indicados.
Outro ponto fundamental é a higienização das mãos, a estratégia mais simples para a prevenção de infeções. Deste modo, aconselha-se que o doente lave as mãos em diversos momentos e questione as visitas e profissionais de saúde se o fizeram antes de qualquer contacto.

Sendo as quedas um acontecimento frequente em ambiente hospitalar, torna-se essencial que o doente seja alertado para prevenir a ocorrência de quedas. Para tal, não se deve levantar sozinho e deve optar por utilizar pantufas ou chinelos fechados, com sola de borracha ou antiderrapantes.
Um dos tópicos que importa, também, mencionar relaciona-se com a segurança do medicamento. O doente deve colocar todas as dúvidas que tenha em relação aos seus medicamentos, nomeadamente, para que servem e quais os seus efeitos secundários.

Estas medidas possibilitam ao doente e familiar/cuidador, estar desperto a eventuais riscos e, assim passar de uma postura passiva a uma postura ativa no seu processo de segurança durante o internamento.
Importa relembrar que a segurança do doente depende de todos nós e que o seu envolvimento, assim como o dos seus familiares/cuidadores nesta matéria, traz benefícios para eles próprios, para os profissionais de saúde e, também, para o sistema de saúde.

Deixa o teu comentário

Últimas Voz à Saúde

10 Setembro 2019

Síndrome de Burnout

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.