Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +

Uma marca identitária

Os amigos de Mariana (1ª parte)

Uma marca identitária

Voz às Escolas

2021-12-06 às 06h00

Maria da Graça Moura Maria da Graça Moura

Encerradas as comemorações do centenário de André Soares, resta ainda uma reflexão sobre a marca que as mesmas deixarão na cultura, na identidade do Agrupamento que tem o seu nome. Os eventos, as comemorações, as efemérides, têm beleza, importância e notícia imediata. Mas a maior importância, a maior beleza de tudo em que nos envolvemos está na marca transformadora que os atos deixam depois da sua passagem.
Provavelmente pensarão os leitores que já muito foi dito sobre o mural dedicado a André Soares. De facto. Mas esta obra merece ser divulgada sem limites, enquanto marca que perdurará no tempo, levando história a todas as gerações, renovando a obra inigualável do arquiteto bracarense e conquistando identidade para uma organização educativa com o seu nome, agora completamente marcada pela sensibilidade artística, pela criatividade, pela beleza, pela marca.

Em dezembro de 2019 foi escrito um texto sobre o programa do centenário, preparado por uma grande equipa que envolvia diversas entidades bracarenses. E nesse texto divulgou-se:
O Agrupamento de Escolas André Soares realizará, entre março e junho de 2020 uma residência artística promovida pela Casa ao Lado – Centro Artístico, com alunos e professores, que visa a realização de um painel de azulejos, que eternizará a sua obra na fachada do edifício da escola sede.
As circunstâncias dos tempos que vivemos, que ninguém adivinhava, adiaram algumas datas e diminuíram a participação noutras. Mas no essencial tudo foi conseguido e com muito sucesso. No que respeita à intervenção na escola André Soares foi possível neste ano letivo, a realização de trabalhos incluídos na residência artística programada e que envolveu alunos do 1º ciclo e alunos do 9º ano. E não podemos deixar de realçar os grandes responsáveis por todo este envolvimento com os alunos, pela obra que atingiu os objetivos divulgados que regem este grupo.

O Centro Artístico A Casa ao Lado tem como missão a Dinamização Social e Cultural com e para a Comunidade através de uma Educação Artística, Inclusão Social através da Arte e Intervenções Urbanas. Desde o seu início em 2005, todos os projetos têm como base gráfica, histórias, lendas e/ou personalidades nos locais a intervir, de forma a criar uma marca identitária, de coesão social e territorial.
Foram incansáveis no trabalho, foram perfeitos na mensagem, na criação da marca identitária. Aos artistas, a todos os que contribuíram para que esta parceria fosse possível, um enorme agradecimento de toda a comunidade escolar.

Deixaram ao Agrupamento André Soares ainda uma maior responsabilidade na implementação e desenvolvimento de práticas que caracterizam sua missão, de formação.
A formação de pessoas íntegras, ativas e interventivas, capazes de ultrapassar barreiras, com espírito de missão, de voluntariado, disponíveis para incluir todos, para envolver, integrar, … é a principal missão do projeto educativo, em adequação aos caminhos que agora vivemos, que só tem sentido se for apropriado por todos.
Aproxima-se uma época especial de comemorações. Gostaríamos de a viver de outra forma, mas as circunstâncias colocaram-nos, de novo, nesta insegurança. Resistir e tornar cada dia melhor do que o anterior são os desejos para o novo ano, já tão perto.

Deixa o teu comentário

Últimas Voz às Escolas

30 Junho 2022

Para reflexão...

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho