Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +

Vinho: o que está a dar é exportar...

O espantalho

Ideias

2019-02-07 às 06h00

Paulo Monteiro Paulo Monteiro


O vinho português continua a dar-nos excelentes notícias. Esta semana, segundo um estudo apresentado pela D&B, as exportações do vinho português geraram cerca de 806 milhões de euros, em 2018, cerca de mais 3% do que em 2017. Isto significa que o superavit comercial com o exterior cresceu ligeiramente, passando de 643 milhões de euros, em 2017, para 648 milhões, em 2018. Em relação às exportações e segundo este estudo intitulado ‘Sector Vinho’, cerca de 43% das exportações totais correspondem a vinho licoroso, nomeadamente o vinho do Porto, com uma participação de 40% sobre o valor total. Relativamente aos países de destino, cerca de 60% das vendas no exterior destinam--se à União Europeia, mantendo-se a França e Reino Unido como os principais mercados. Entre os destinos fora da UE, os mais importantes continuam a ser Estados Unidos, Brasil, Canadá e Angola.
Uma referência ainda para o volume de produção: embora os números ainda sejam provisórios, a campanha de 2018/2019 baixou para 5,30 milhões de hectolitros, cerca de menos 20% que na campanha anterior, na qual se registara um aumento de 11,9%. Aqui a região do Douro continua a ser a que gere um maior volume (21,5%), à frente de Lisboa que já chega aos 18%, contra os 14% do Minho, igual percentagem do Alentejo.
Sem dúvida no bom caminho e com um dado também muito importante e a que à nossa região diz respeito: a zona Norte concentra 42% do total de empresas do sector, existindo em todo o país 1346 empresas com actividade no sector do vinho.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho