Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Violência doméstica: números que envergonham

Prémio Nobel da Medicina

Ideias

2017-01-06 às 06h00

Paulo Monteiro

A Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna (SGMAI) tornou público, esta semana, o documento ‘Violência doméstica 2015, relatório anual de monitorização’ e os números voltam a preocupar. As queixas voltaram a aumentar, a nível nacional, no primeiro semestre de 2016. No relatório agora disponibilizado pelo SGMAI, os números alarmam, também, no distrito de Braga, uma vez que se registou um aumento de 6,1% em igual período de 2015.

No primeiro semestre de 2016, a GNR e a PSP registaram 881 ocorrências de violência doméstica, contra 830 em relação ao período homólogo de 2015. Mais 51... Já na comparação entre 2014 e 2015 se tinha registado um aumento de 1,2% (1709, em 2014, e 1729, em 2015). Números que fazem com que Braga seja o quarto distrito com mais queixas de violência doméstica nos primeiros seis meses de 2016, a seguir a Lisboa, Porto e Setúbal.

Já os dados do distrito de Viana do Castelo são contrários. Depois do aumento de violência doméstica de 5,9% entre 2014 e 2015, os números do primeiro semestre de 2016 apresentam um saldo de -4,4%. Uma diminuição de casos de 249 (2015) para 238 (em 2016), sendo o sexto distrito com menor registo. São números que acabam por ser meras estatísticas, uma vez que muitos dos casos de violência não são comunicados. Por isso há que reforçar a prevenção. É uma vergonha que, em pleno século XXI, existam números tão assustadores. É que... apenas um caso já é uma vergonha!

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.