Correio do Minho

Braga, sábado

- +
A ascensão de Tormena na época mais produtiva
Já foram vacinadas cerca de 1200 pessoas em Arcos de Valdevez

A ascensão de Tormena na época mais produtiva

Guimarães implementa projeto do URBATC que visa premiar os cidadãos que reciclam

A ascensão de Tormena na época mais produtiva

Desporto

2021-01-25 às 10h14

Ricardo Anselmo Ricardo Anselmo

Central fixou-se entre as primeiras opções de Carvalhal e os números dão razão ao técnico. Com ele durante os 90 minutos, Braga só perdeu uma vez.

A cumprir a segunda temporada em Braga, o central brasileiro de 25 anos, Vítor Tormena, tem-se assumido como um dos mais consistentes no eixo defensivo, ao ponto de ser, pelas indicações dos últimos jogos, um dos indiscutíveis no onze inicial de Carlos Carvalhal.
Bruno Viana, sempre um dos mais utilizados, nem sequer somou qualquer minuto na final-four da Taça da Liga (frente ao Benfica esteve na bancada e com o Sporting não saiu do banco), sendo que se desconhece a existência de um eventual problema físico.

Com três golos em 16 jogos oficiais esta época pelos guerreiros do Minho, Tormena está a justificar em pleno a aposta que António Salvador fez nele na temporada passada, quando o recrutou ao Gil Vicente, motivando trocas de acusações entre o líder arsenalista e Theodoro Fonseca, accionista maioritário da SAD do Portimonense, clube ao qual Tormena esteve emprestado antes de ingressar nos arsenalistas.
Em 2019/20, com algumas lesões a atrapalharem a afirmação, Tormena terminou a época com apenas 9 jogos realizados e nenhum golo marcado.

Agora, em 2020/21, Tormena tem tudo para chegar aos melhores números da carreira, suplantando os 27 jogos e um golo de 2018/19 no Portimonense e os 38 jogos e dois golos de 2017/18, no Gil Vicente.
Com ele em campo, a titular e durante os 90 minutos, o SC Braga perdeu apenas uma vez, precisamente na final da Taça da Liga, frente ao Sporting, num jogo em que mais uma vez se exibiu a bom nível.
As outras derrotas em que participou, mas apenas durante dez minutos, depois de saltar do banco de suplentes, foi nas visitas ao FC Porto (3-1) e ao Belenenses SAD (2-1).

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho