Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
ABC/UMinho busca regresso às vitórias diante do Boavista
Campanha natalícia arranca com a ligação da iluminação e do som ambiente nas ruas

ABC/UMinho busca regresso às vitórias diante do Boavista

Norte de Portugal e Galiza defendem mecanismo para gerir fundos comunitários

ABC/UMinho busca regresso às vitórias diante do Boavista

Desporto

2019-10-19 às 06h00

Rui Serapicos Rui Serapicos

Hoje às 17.30 horas a equipa orientada por Jorge Rito procura na 9.ª jornada do Andebol 1 voltar aos triunfos frente ao Boavista, integrando-se na luta por um lugar entre os seis primeiros.

“Todos os cuidados são poucos”, avisou Jorge Rito, o treinador do ABC/UMinho, ao fazer ontem a antevisão ao encontro de hoje com o Boavista, para a jornada 9 do Andebol 1 com início marcado às 17.30, no Pavilhão Flávio Sá Leite.
Os academistas selaram com o SC Horta o mais recente triunfo no dia 21 de Setembro, em casa, por 32-22, na jornada 5.
Seguiu-se na jornada 6 um empate (21-21) em Avanca, e nas rondas 7 e 8 uma derrota em casa com o FC Porto (29-32) e outra no Funchal com o Madeira SAD (25-23).
Com estes resultados, o ABC ocupa o 9.º lugar, com 14 pontos (a 2 pontos da desejada 6.ª posição), enquanto o Boavista, que só ainda venceu na ronda inaugural (27-26 ao Avanca), ocupa o 12.º lugar com 10 pontos, os mesmos que Vitória de Setúbal e Avanca.

Segundo Jorge Rito, a equipa do Bessa apresenta-se em Braga “sem nada a perder” e a atribuir “todo o favoritismo” ao ABC.
Mas o técnico do clube bracarense lembrou que não é por acaso que nos seis primeiros da tabela se posicionam, ao fim de oito jornadas, clubes como o Boa Hora e o ISMAI.
“Temos de trabalhar muito”, acentuou, reconhecendo porém que o actual posicionamento do ABC também se explica por já ter defrontado adversários como FC Porto, Benfica e Sporting.
“Nós temos visto vídeos da equipa do Boavista. Estudámos os seus pontos fortes e os seus pontos fracos”, comentou o guarda-redes Carlos Oliveira.
“Nós estamos a trabalhar bem esta semana. Temos de jogar ao nosso maior nível para alcançar o nosso objectivo, a vitória”, adiantou ainda, considerando que jogar em casa é “um factor muito importante para as equipas, ter um pavilhão cheio de adeptos do nosso clube a empurrar-nos para a frente”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.