Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Alunos de S. Frutuoso recriam vindima e desfolhada na Quinta Pedagógica
APPACDM de Viana do Castelo promove polybat

Alunos de S. Frutuoso recriam vindima e desfolhada na Quinta Pedagógica

Bienal de arte têxtil entra na recta final

Alunos de S. Frutuoso recriam vindima  e desfolhada na Quinta Pedagógica

Braga

2020-09-25 às 11h00

Paula Maia Paula Maia

Respeitando um plano de contingência desenhado especificamente para a actividade, 45 crianças do Centro Escolar de S. Fru-tuoso recriaram tradições do mundo rural. “Uma forma simbólica de valorizar a actividade agrícola” diz Altino Bessa.

A Festas das Colheitas já chegou à Quinta Pedagógica de Braga com os mais novos a recriarem algumas das maiores tradições da época do mundo agrícola: a desfolhada e a vindima.
Mesmo em situação de contingência, o equipamento municipal deu cumprimento a duas tradições que atraem todos os anos centenas de alunos ao espaço pedagógico, tendo adoptado para um plano de contingência específico para a realização desta actividade que inclui, entre outras regras, a redução do número de alunos, que foram divididos em pequenos grupos, o uso de máscara e a higienização das mãos.
“Quisemos manter a actividade, embora este ano não tenhamos os idosos que habitualmente estabelecem uma partilha intergeracional”, referiu o vereador do Ambiente da câmara de Braga, Altino Bessa.
O vereador diz que a desfolhada e a vindima que se recriam por esta altura é uma homenagem ao mundo rural, servindo também para mostrar aos mais novos algumas das tradições que se vivem por altura das colheitas. “Para a maioria das crianças esta é uma perfeita novidade, mexeram na terra, no milho, terem noção do que é uma vindima”, assegura Alrino Bessa, acrecsentabdo que esta é também uma forma dos mais novos valorizarem todos os que trabalham na agricultura.
Foram 45 os alunos do Centro?escolar de S. Frutuoso que ontem deram vida a estas duas actividades, mas já no início da semana outro grupo tinha experimentado a mesma sensação. “O estabelecimento de ensino fica situado junto à Quinta Pedagógica e, por isso, é fácil a sua deslocação, não é preciso a utilização de autocarros.
Apesar da situação pandémica, o vereador do Ambiente diz a Quinta Pedagógica “sempre recebeu visitas”, com excepção para o período de confinamento. de Março de Junho. “Fizemos o nosso próprio plano, com limitação do número de pessoas e impondo a obrigatoriedade do uso de máscara. “O número máximo de pessoas dentro do espaço é 50” afiança o vereador do Ambiente, admitindo que o número de visitas escolares - que constituiam a maioria dos visitantes - reduziu substancialmente.
Desta forma, e após o período de confinamento, a Quinta Pedagógica delineou um conjunto de actividades ao ar livre para as famílias, com grupos de dez elementos cada. “Fazíamos actividades por família como a sementeira, pedy-paper ou arte plásticas, entre outras”, adianta Natália Costa, um das responsáveis da Quinta Pedagógica, indicando que a iniciativa teve uma enorme sucesso.
Em termos de oferta pedagógica, a responsável diz que os ateliers dinamizados pelo equipamento foram adaptados para receber os alunos em grupos mais reduzidos. “Cada turma será dividida em dois grupos e cada grupo será acompanhado pelo mesmo monitor do início ao fim. O lanche é dado no local onde as crianças desenvolvem o atelier. O uso das casas de banho é feita de forma desfasada. Também estamos a adaptar as salas, com mesas individuais, para garantir o distanciamento dos ateliers que são desenvolvidos em espaço fechado”, afirma, dando conta que no exterior vão prosseguir as visitas guiadas em grupo que não excedem os dez alunos.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho