Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Alunos do Agrupamento Trigal Santa Maria descobrem quatro novos asteróides
Município de Braga suporta custos de testagem à COVID-19 a atletas dos escalões de formação

Alunos do Agrupamento Trigal Santa Maria descobrem quatro novos asteróides

Desconfinamento atrai mais clientes às lojas e significa esperança na retoma económica

Alunos do Agrupamento Trigal Santa Maria descobrem quatro novos asteróides

As Nossas Escolas

2021-03-29 às 10h14

Paula Maia Paula Maia

Estudantes do 7.º ano que participaram na primeira campanha da Internacional Astronomical Search Collaboration, suportada pela NASA, identificaram onze objectos não identificados, sendo que quatro foram aceites como descobertas preliminares.

Cinco alunos do 7.º ano do Agrupamento Trigal Santa Maria que participaram na primeira campanha da International Astronomical Search Collaboration (IASC), suportado pela NASA, detectaram, entre 4 de Fevereiro e 1 de Março, onze objectos não identificados, tendo sido aceites como descobertas preliminares quatro desses objectos.
As descobertas feitas, de asteróides desconhecidos, são comunicadas ao Minor Planet Center, único local mundial para recolha, análise e organização de dados de medições de asteróides, cometas e satélites naturais, e se comprovadas as suas trajectórias e existência, os descobridores são convidados a dar-lhe nomes. Em língua portuguesa já foram baptizados dois - Lusitano e Fado - nomes escolhidos por alunos de escolas portugueses que os descobriram e cujas trajectórias foram confirmadas.

O IASC já emitiu certificados com os nomes dos alunos do agrupamento: Andreia Cunha, Dinis Amorim, Mariana Couto, Martinho Matos e Tomás Carvalho e das docentes Ana Oliveira e Fernanda Granado.
Da certificação constam instituições e nomes conceituados e mundialmente conhecidos como a National Aeronautics and Space Administration (NASA); Núcleo Interactivo de Astronomia (NUCLIO), instituição portuguesa que colabora com o IASC desde 2017 e coordena os programas específicos para as escolas de língua portuguesa;? Dr. Patrick Miller, do International Astronomical Search Collaboration, Hardin – Simmons University) e Dr. Richard Wainscoat (Pan-STARRS, Institute for Astronomy, University of Hawaii).

O projecto dedicado à Astronomia foi abraçado pelo Clube de Ciência Viva do Trigal durante ao confinamento e o ensino à distância com o objectivo de motivar os alunos para o estudo nesta área, permitindo-lhes, desse modo, desenvolverem competências na área científica.
Os alunos são ensinados a utilizar um software adequado à pesquisa dos corpos menores do sistema solar, especialmente asteróides. O software ‘Astrometrica’ é a ferramenta interactiva que permite a análise de dados astrométricos (Astrometria: ramo da astronomia que trata da medição precisa das dimensões dos astros e das suas posições relativas) de nível científico, a partir de imagens reais obtidas no telescópio Pan-STARRS.

A ideia é que, ao correr, nesse software, imagens de uma forma rápida, como num filme animado, os alunos, apoiados pela professora Ana Oliveira (Coordenadora do Clube Ciência Viva na Escola do Agrupamento de Escolas Trigal de Santa Maria) e pela Educadora de Infância Fernanda Granado (colaboradora do Clube Ciência Viva na Escola), consigam detectar pequeníssimos astros em movimento, sendo alguns desses objectos conhecidos e identificados e outros não.
Este é um programa de “ciência cidadã”, ciência baseada na participação informada, consciente e voluntária de milhares de cidadãos que geram e analisam grandes quantidades de dados, partilham o seu conhecimento e discutem e apresentam os resultados) da IASC.
A identificação destes corpos que se encontram na sua maioria na Cintura de Asteroides é de primordial importância já que as trajectórias de alguns aproximam-se da trajectória terrestre.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho